A Nigéria não é uma das favoritas para conquistar a Copa do Mundo de 2018, mas a seleção do país africano tem conquistado uma legião de fãs, graças ao seu uniforme. A camisa da equipe tem sido descrita como “impressionante” pela impresna especializada, celebridades e também fãs de futebol que se consideram neutros como torcedores.

Fabricada pela Nike, a camisa chega ao mercado em 29 de maio, mas já recebeu mais de três milhões de pedidos, segundo o Quartz. É um recorde tanto para uma equipe africana como para alguns dos maiores clubes do mundo. Em 2016, o Manchester United, muitas vezes reconhecido como um dos três grandes clubes de futebol – com base na receita e no tamanho da base de fãs – vendeu 2,8 milhões de camisas. Foi um dos maiores índices daquele ano.

O preço, de US$ 85, faz da camisa um ítem fora do alcance da maioria da população nigeriana. Boa parte dos pedidos, portanto, segundo a Nike, tem sido feitos por nigerianos que moram fora de seu país mas também por fãs de futebol em geral que acabaram adotando a Nigéria como sua equipe para a Copa do Mundo de 2018.