15 temporadas. Mais de 300 episódios. E cada uma dessas histórias contava com diferentes monstros e vítimas. Com tanto tempo no ar, muitas pessoas cruzaram o caminho dos irmãos Sam (Jared Padalecki) e Dean Winchester (Jensen Ackles)!

Pensando nisso, o AdoroCinema fez uma lista com dez celebridades que participaram de Supernatural, mas só os fãs mais fortes recordam. Afinal, alguns só ficaram famosos depois de sua aparição no terror, enquanto outros tiveram apenas breves momentos na popular série da CW. É importante ressaltar que não iremos citar personagens que tiveram maior ou longa importância na história, como John Winchester (Jeffrey Dean Morgan) ou Charlie (Felicia Day). Aí seria muito fácil, não é mesmo?.

Antes de seu relacionamento de idas e vindas com The Walking Dead, Lauren Cohan causou uma impressão nos fãs de Supernatural como Bela Talbot. Malandra e ladra, a moça tinha um inusitado comércio ilegal de itens paranormais, cruzando o caminho dos WInchesters algumas vezes (e atrapalhando-os bastante) na terceira temporada, até encontrar seu final trágico, por também ter feito acordo com um demônio. 

Vencedor do Emmy por This Is Us e American Crime Story, muita gente esquece que Sterling K. Brown já tinha aparecido em diversos episódios de SPN. Seu personagem era Gordon Walker, caçador particularmente vingativo contra vampiros, depois que sua irmã foi transformada em monstro, obrigando-o a matar ambos. Ironicamente, ele também acabou se tornando vampiro e ficou obcecado por matar Sam.

Você sabia que os irmãos Winchester salvaram a vida de Han Solo? O primeiro trabalho de destaque de Alden Ehrenreich como ator foi na temporada de estreia do terror, no papel de Ben Collins, o irmão de uma vítima de um Wendigo, sendo acompanhado pelos protagonistas numa caçada na floresta em busca do desaparecido.

Sabe quem também foi vítima do mesmo Wendigo e era amigo do irmão de Ben? Cory Monteith, anos antes de ser levado a fama com o quaterback Finn de Glee. Infelizmente, seu personagem em SPN, Gary, não conseguiu ser salvo no segundo episódio da trama. 

A CW tem mania de reaproveitar elenco na programação. Antes de conquistar fãs com The Vampire Diaries, Candice King também viveu dramas adolescentes em Supernatural. Aqui, ela foi Amanda, namorada de Dean durante o ensino médio, aparecendo através de flashbacks. Mas a gente sabe como o mais velho dos Winchester sempre se complica em relacionamentos, levando um fora da jovem após traí-la, perdendo sua popularidade na escola.

Não basta enfrentar os monstros do Mundo Invertido de Stranger Things, Finn Wolfhard também penou em Supernatural. Em uma breve participação, ele viveu Jordie, garoto cujos pais são assassinados pela sua babá, depois que ela perde sua alma, lá na 11ª temporada.

Rostinho de adolescente, alma de 600 anos. Estrela de Pretty Little Liars, Ashley Benson interpretou Tracy Davis, um monstro disfarçado de aluna, que sacrificava inocentes para libertar um demônio envolvido na ascensão de Lúcifer. E ela foi capaz de matar o próprio irmão para tal jornada. Ou seja, uma pessoa bacana de coração, só que não. 

Em Supernatural, é comum conhecer alguém que se mudou para uma casa assombrada. Ainda na infância, Dylan Minnette (13 Reasons Why) viveu Danny Carter, cuja família sofre tal problema durante a quarta temporada, se comunicando inclusive com a fantasma problemática em questão.

Lembra quando falamos que a CW adora reaproveitar atores? Antes das aventuras em Arrow (e nas outras séries do ‘Arrowverse’), Katie Cassidy surgiu como a popular Ruby, demônia que finge ser aliada de Sam, mas apenas estava usando-o. Enquanto Ruby se transforma em Genevieve Padalecki na temporada seguinte, Cassidy pediu para deixar a atração, culpando a indecisão dos produtores sobre o que fazer com a personagem.

Eterna estrela de O Exorcista, Linda Blair não manteve uma carreira atarefada como atriz adulta, mas deu um presente para os fãs de terror ao aparecer em Supernatural. Ela surgiu na segunda temporada, como a detetive Diana Ballard, responsável por prender Sam e Dean, mas que passou a acreditar no sobrenatural, ajudando-os a fugir.

Ter Paris Hilton é um programa de TV já é motivo de burburinho. Mas lembrar que ela contracenou com Padalecki em A Casa de Cera torna esse “cameo” ainda mais engraçado. A socialite interpretou uma das personificações de um deus pagão, que passou décadas se disfarçando como celebridades para matar seus adoradores.