Assim, de surpresa, o duo Anavitória e Duca Leindecker, autor do verso da música “Dia Especial” e também da adaptação com crítica ao ministro Sergio Moro (Justiça), pegaram as 3 mil pessoas presentes no Auditório Araújo Viana, em Porto Alegre, desprevinidas. O que se ouviu depois foram aplausos e ovação.

A canção foi gravada por Leindecker, que é casado com a ex-deputada federal Manuela D’Ávila, e lançada no terceiro disco de estúdio da sua antiga banda, o Cidadão Quem, que chegou ao fim em 2014, depois da partida do baixista Luciano Leindecker. O disco de 1998, chamado Spermatozoom fez barulho na época de lançamento e “Dia Especial” foi uma das principais responsáveis por isso.

Anos mais tarde, em 2014, Tiago Iorc regravou a canção e até fez dela um clipe e um single. Aliás, Iorc, que reapareceu depois de um ano com um novo álbum (chamado Reconstrução) e um Acústico MTV (cuja gravação foi acompanhada pela Rolling Stone Brasil e pode ser lida aqui), tem o mesmo empresário que a dupla formada por Ana Caetano e Vitória Falcão.

A música aparenta doçura, traz consigo também um amargor. A falta de esperança, justamente no verso escolhido por Ana Caetano, Vitória Falcão e Duca para fazer a crítica a Sergio Moro, contudo, é passageira ali.

“Desde o acústico da Cidadão Quem troco o final dos versos de ‘Dia Especial’ dependendo do que está rolando. Um espaço aberto para atualizar a letra e deixar a música sempre viva”, contou Duca à Rolling Stone Brasil.

O ministro tem sido centro das notícias desde domingo, 9, quando o site The Intercept Brasil publicou conversas privadas mantidas por Moro e o procurador Deltan Dallagnol, trocadas por meio do aplicativo Telegram, que podem sugerir uma interferência do então juiz no trabalho da procuradoria.

Duca Leindecker foi a atração surpresa da Turnê dos Namorados, a mais nova e bem-sucedida empreitada do duo. Elas estão percorrendo 13 capitais do Brasil com 13 convidados surpresa diferente.

Em Salvador, por exemplo, elas tiveram a companhia de Saulo; no Rio de Janeiro, foi a vez de Lenine; em Belo Horizonte, o escolhido foi Samuel Rosa. A Turnê dos Namorados chega nesta sexta-feira, 15, a São Paulo, com show no Espaço das Américas.