A artista teve uma septicemia, estado infeccioso generalizado devido, provavelmente, a uma infecção hospitalar. O que se sabe ainda é que a sambista estava internada em um hospital da Zona Sul do Rio de Janeiro há dois meses. Nessa semana, ela chegou a cancelar sua apresentação na casa de shows Vivo Rio por recomendações médicas. Na ocasião, o empresário de Beth, Afonso Carvalho, detalho a situação.

Apesar da doença, Beth não desanimava durante o tratamento. Em janeiro, amigos que foram visitar a sambista no hospital ficaram impressionados com a boa vontade dela e alegria com a música e fizeram um vídeo pra lá de emocionante da cantora.

“Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade nesse momento. Beth deixa um legado inestimável para a música popular brasileira e sempre será lembrada por sua luta pela cultura e pelo povo brasileiro. Seu talento nos presenteou com a revelação de inúmeros compositores e artistas que estão aí na estrada do sucesso. Começando com o sucesso arrebatador de “Andança”, até chegar a Marte com “Coisinha do Pai”, Beth traçou uma trajetória vitoriosa laureada por vários prêmios, inclusive um Grammy pelo conjunto da obra. Assim que possível, informaremos sobre o sepultamento”, disse no comunicado da assessoria de Beth Carvalho.

Com mais de 50 anos de carreira, Beth tem dezenas de discos gravados e é um dos maiores nomes do samba brasileiro, ao lado de cantores como Zeca Pagodinho, Arlindo Cruz e Jorge Aragão, nos quais afirmam que Beth Carvalho é uma espécie de madrinha deles.

Um dos momentos mais marcantes na carreira foi quando Beth Carvalho enfrentando os problemas de saúde, não desistiu de cantar e resolveu se apresentar deitada. O público, é claro, se emocionou bastante.