Segundo o texto divulgado pelo Planalto, a prorrogação é imprescindível uma vez que os recursos financeiros necessários para infraestrutura do setor audiovisual concretizar os mandamentos da LBI somente foram autorizados pelo Comitê Gestor do Fundo na reunião do último dia 17 de dezembro. 

“Considerando que não houve tempo hábil para possibilitar o desenvolvimento das linhas de crédito e, consequentemente, para que o mercado se organize, por meio de seus arranjos e planejamento de negócios, se faz necessário a prorrogação do prazo”, diz um trecho do comunicado. 

Facebook Comments