Atualmente muito bem casados, Klebber Toledo e Camila Queiroz formam um dos casais mais queridos do mundo das celebridades. Mas engana-se quem acha que aquela história batida de “amor à primeira vista” aconteceu com eles, que se conheceram nos bastidores da novela Êta Mundo Bom, exibida no horário das 18h da Globo.

Muito pelo contrário: os dois não queriam se ver nem pintados de ouro e se recusavam até mesmo a passar o texto juntos. Foi o que eles revelaram em entrevista que concederam ao site Gshow. Atuando juntos na novela Verão 90, eles hoje passam longe do clima bélico de antes da paixão avassaladora que tomou de conta de suas vidas.

“A gente não teve essa afinidade de cara, não, pelo contrário. Era um trabalho difícil, de época. Camila estava no segundo trabalho, eu já estava há um tempinho. Chegava para ela e falava para passar o texto… Ela não passava texto comigo”, revelou Klebber Toledo. “Eu não passava texto com ele de jeito nenhum, não queria ficar perto dele (risos)… A gente nem se dava bem ainda, a gente se evitava”, disse Camila Queiroz.

Klebber Toledo, vale recordar, resolveu abrir a vida íntima com Camila Queiroz e contar tudo sobre a vida a dois. Em Verão 90, ele faz estripulias para esquentar a relação com Lidiane e manda ver com seus passos de gogo boy. Contudo, na vida real, o rapagão se diverte e garante que dançar de tanguinha fica só na novela e que seus momentos de sensualidade com a mulher, Camila Queiroz, são diferentes.

Ele também contou o que dá tesão na mulher. “Sabe, não é estar pelado, ou com uma roupa específica, ou de perna aberta ou fechada. Eu me sinto mais sensual para Camila na hora em que eu a surpreendo. Seja quando faço uma comida especial, quando dou um beijo que ela não está esperando, quando faço um carinho diferente… Atitude certa no momento certo é o que dá mais tesão”, disparou Klebber Toledo.

Além disso, o artista declarou que da parte dele não precisa de muita coisa, pois é estimulado por qualquer provocação, desde as que são só sugeridas até aqueles toques em pontos estratégicos. “Sou despertado por tudo. Não tenho tempo ruim. E não precisa de nada também, cara. Estamos aí, vamos lá”, falou Klebber Toledo aos risos.