Categorias
Notícias

Carnaval 2020 em BH: Oito escolas de samba desfilam na Avenida Afonso Pena nesta terça-feira

O carnavalesco Gustavo Abreu teve a ideia sobre o samba-enredo por causa de um sonho. Para contar essa história, a Bem-Te-Vi sobrevoa os espetáculos de maior sucesso que desfilaram pelos teatros da Broadway e nesse carnaval estarão na Afonso Pena.

A lenda de Tanabata – Festival das Estrelas. Sob a luz dessa festa popular o presidente Luiz Carlos Novais e a Imperavi de Ouros trazem para a avenida uma lenda oriental que se originou no Japão e deu início ao “Festival das Estrelas” ou "Tanabata". Atualmente, o Tanabata é uma das maiores festas populares do japão.

O samba-enredo homenageia o empresário Fabiano Lopes Ferreira é um empresário da cidade de Itapecerica, no Centro-Oeste mineiro, e, desde pequeno, ama carnaval. Hoje é dono de uma das empresas de maior destaque no setor de consórcios.

A escola leva para a avenida o tema “Memórias de um estilista coração de galinha“ contando vida e obra de Ronaldo Fraga, um internacional personagem mineiro que faz das suas coleções histórias para uma gente de resistência e luta.

A escola conta a história dos 300 anos de Minas Gerais, mas com um outro olhar. Minas das minorias, dos quilombos e indígenas. A exploração do solo, riquezas, mazelas e tragédias. Formação de um povo guerreiro e sofrido.

O samba-enredo "Cacau: da fruta dos deuses, ao adocicado sabor estrelado". Kakawa, a bebida dos deuses um fruto abençoado pelos deuses, um fruto que da terra brotou e até as mãos do homem chegou.

Comentários