Categorias
Notícias

Caso Emanuelle: vizinho diz à polícia que matou menina a facadas por vingança contra a mãe dela

O corpo de Emanuelle Pestana de Castro foi encontrado na noite desta segunda-feira (13), por volta das 23h, em uma área de mata na Fazenda Santana Nova. O suspeito disse, durante depoimento à polícia, que matou a menina por vingança contra a mãe dela.

Equipes da Polícia Civil e Polícia Militar foram acionadas depois que o suspeito, Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, vizinho da família da menina, confessou que matou Emanuelle a facadas e indicou onde estava o corpo.

O que chamou a atenção da polícia é que, no mesmo dia, ele aparece cada vez com uma roupa diferente. Em um primeiro momento, de camiseta branca e a pé. Já em um segundo momento, de camiseta vermelha e de bicicleta.

Após ser identificado, Agnaldo Guilherme Assunção foi interrogado nesta segunda-feira e havia negado saber de qualquer informação sobre o desaparecimento da criança. Contudo, acabou confessando à polícia o crime. Ele foi preso em flagrante e deve ser indiciado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Logo após brincar em um parquinho, a menina não foi mais vista por volta das 17h, quando a amiga que a acompanhava foi embora. Segundo a família, a mãe ia verificar como a filha estava no local, mas não encontrou.

Já em outras imagens de câmeras de segurança, Emanuelle aparece na praça brincando. Voluntários do SICOE, equipe de Marília especializada neste tipo de ocorrência, também foram até o local para ajudar nas buscas.

Comentários