try { if ( localStorage.getItem(skinItemId ) ) { var _g1; _g1 = document.getElementById(‘g1-logo-inverted-img’); _g1.classList.remove(‘lazyload’); _g1.setAttribute(‘src’, _g1.getAttribute(‘data-src’) ); _g1 = document.getElementById(‘g1-logo-inverted-source’); _g1.setAttribute(‘srcset’, _g1.getAttribute(‘data-srcset’)); } } catch(e) {}

try { if ( localStorage.getItem(skinItemId ) ) { var _g1; _g1 = document.getElementById(‘g1-logo-mobile-inverted-img’); _g1.classList.remove(‘lazyload’); _g1.setAttribute(‘src’, _g1.getAttribute(‘data-src’) ); _g1 = document.getElementById(‘g1-logo-mobile-inverted-source’); _g1.setAttribute(‘srcset’, _g1.getAttribute(‘data-srcset’)); } } catch(e) {}

Luísa Sonza bateu 7,79 milhões de ouvintes mensais no Spotify nesta semana. Com isso, a gaúcha se tornou a segunda mulher brasileira mais ouvida na plataforma, superando os números de Marília Mendonça e ficando atrás apenas de Anitta.

O número foi alcançado por Luísa Sonza na esteira dos sucessos “BRABA”, “Não Vai Embora” (com Dilsinho), “TOMA” (com MC Zaac) e “Flores” (com Vitão). A cantora está com três músicas no Top 50 atual – “Não Vai Embora” (em 32º lugar), “Século 21” (com Leo Santana, em 48º lugar) e “TOMA” (49º lugar).

No último mês, Luísa Sonza melhorou seu desempenho na plataforma de streaming por conta de colaborações. Ela lançou, praticamente, uma música por semana. Além do single com Léo Santana, a cantora foi ouvida em músicas novas de Danna Paola, “Friend de Semana”, e Lexa, “Quebrar Seu Coração”. As três juntas acumulam 11,2 milhões de streams em pouco tempo.

Na coletiva de lançamento de “Friend de Semana”, Luísa Sonza contou ao POPline que está negociando parcerias internacionais para seu próximo álbum, ainda sem data de lançamento. Ela não revela quais são os artistas – porque não sabe se as conversas chegarão a um consenso – mas conta que também cogita fazer mais músicas com Danna Paola e Aitana, com quem canta “Friend de Semana”.

Segundo ela, o próximo álbum refletirá seu amadurecimento como pessoa e como artista. Ele será mais “explícito” e ousado também. “Acho que vai ser uma era muito mais ‘explicit’, tipo ‘Dirrty’ da Christina [Aguilera]. Mais ‘BRABA’. Menos ‘Pandorinha’, fofa. Vai ter muito mais imposição, uma Luísa um pouco mais velha já. Uma era mais ‘BRABA’”, explica.

A gente tem paixão em informar, fomentar e propagar tudo sobre música! Há 14 anos temos o prazer de criar conteúdo que informe e forme opinião para conectar ídolos, fãs e marcas. Inovação, responsabilidade, ética, imparcialidade, diversidade e consciência inclusiva representam a nossa filosofia. Acompanhe aqui no POPline notícias, coberturas especiais, lançamentos, playlists, podcasts, entrevistas e promoções.

Comentários