#Luísa Sonza confundida e o caso Mariana Ferrer

As eleições presidenciais dos Estados Unidos da América foram um dos principais assuntos nas redes de todo o mundo ao longo da semana. A disputa entre o democrata Joe Biden e o republicano Donald Trump tomou conta das redes conforme a apuração dos votos, que começou na terça-feira (3), avançou de forma equilibrada. No Brasil, os internautas se posicionaram em relação à forma como o relacionamento entre Brasil e EUA seria ditado pelo resultado final das eleições. Diversas postagens questionaram o futuro da Amazônia, em relação às afirmações de Biden sobre “reunir o mundo para garantir a preservação” da floresta e como a política internacional brasileira seria afetada. Outra parcela de internautas preferiu se ater aos memes, manifestar apoio a um dos candidatos ou, ainda, lembrar de Kanye West.

O fim do ano está chegando e os internautas acharam um novo motivo para temer: 2021. A tradicional série americana “Os Simpsons”, de Matt Groening, é famosa por suas previsões do futuro, como a eleição de Donald Trump em 2016, a vitória da Alemanha na Copa do Mundo de 2014 e a crise financeira da Grécia, entre outros fatos “previstos” pela trama de alguns episódios. O problema para os internautas está justamente no episódio especial de Halloween da 32ª temporada, exibido no dia 1 de novembro, com a temática das eleições dos EUA. Durante o episódio, um cenário apocalíptico é mostrado com uma marcação do dia 20 de janeiro de 2021, o que tem assustado os internautas, se for mais uma previsão certeira, e gerado uma onda de memes.

Um dos principais assuntos da semana nas redes foi o caso envolvendo Mariana Ferrer, que alega ter sido estuprada pelo empresário André de Camargo Aranha em um clube em Florianópolis. A audiência do caso ganhou notoriedade na última terça-feira (3) e gerou revolta por ataques feitos por Cláudio Gastão da Rosa Filho, advogado de defesa de André Aranha, a Mariana Ferrer. A decisão judicial da sentença foi a absolvição do empresário, por entendimento da promotoria do caso de que André não teria como saber que Mariana não estava em condições de dar consentimento à relação sexual. A postura dos oficiais durante a audiência, os ataques do advogado e o resultado final originaram uma onda de protestos nas redes, que classificaram a conclusão do promotor como “estupro culposo”, pedindo justiça por Mariana Ferrer e denunciando a gravidade da situação.

Leia também  Contagem regressiva: Pippa Middleton já está na maternidade

Uma consequência da proporção que o caso Mari Ferrer tomou foi a repercussão de falas de outros influenciadores. Um deles foi a comparação entre a absolvição de André Aranha e a condenação do ex-presidente Lula feita pela advogada e apresentadora da CNN Gabriela Prioli. A mestre em Direito Penal pela Universidade de São Paulo (USP) afirmou que pessoas “sem conhecimento técnico acham difícil separar a emoção da razão nesse caso”, para confirmar aspectos do Direito que analisou em uma série de stories no Instagram. No entanto, as pessoas criticaram a postura “tecnicista” de Prioli e afirmaram que o conhecimento técnico específico em direito não é pré-requisito para defender Mariana Ferrer.

Gabriela Prioli:“Eu me sensibilizo com o caso mas vc não entendem de questões TÉCNICAS juridicas né pq se vcs nao sabem e sou ADVOGADA entendo de LEIS, queres ver minha carteirinha da OAB?” pic.twitter.com/yfF2CYAzws

Outro rumo que a repercussão do caso tomou aconteceu na Jovem Pan com a fala de Rodrigo Constantino sobre o caso. Em vídeo de opinião sobre a conclusão do caso, Constantino afirmou que castigaria a filha caso fosse vítima de estupro nas mesmas condições que Mariana Ferrer. As postagens já em protesto contra o caso todo passaram a denunciar também a postura e cobrar providencias por parte da Jovem Pan. Constantino foi demitido no mesmo dia.

A cantora Luísa Sonza ficou entre os trending topics do Twitter por um motivo inesperado: internautas confundiram Luiza Sousa Paes, ex-assessora de Flávio Bolsonaro que confessou o esquema de “rachadinha” envolvendo Fabrício Queiroz no gabinete do político, com a famosa. Foi em depoimento ao Ministério Público que Luiza Sousa Paes confessou que recebia salário e devolvia 90% dos proventos a Fabrício Queiroz. Já Luiza Sonza entrou na brincadeira pela confusão de nomes e teve seu nome em um novo tópico, dessa vez repleto de memes.

Leia também  Modelo americana revela ameaças de morte por conta de sua sobrancelha

Mais um assunto comentado em tom de preocupação pelos internautas é a volta de medidas de lockdown e quarentena rigorosa na Europa. Países como Inglaterra, França e Áustria retomaram políticas para conter o contágio da Covid-19, com fechamento de estabelecimentos, incentivo ao home-office e proibição de aglomerações, ao longo dessa semana. As medidas têm o objetivo de conter um eventual segundo contágio em larga escala.

Alguns países na Europa entrando em lockdown por causa da segunda onda de infecção do COVID-19, e o Brasil ainda não saiu nem da primeira onda e continua abrindo tudo mesmo com +- 160 mil mortes, o nosso futuro vai ser “ótimo”…