Giulia Dias tem 22 anos e, quando tinha apenas 7, sofreu um acidente de carro quando se mudava de Curitiba para Florianópolis. A avó, que dirigia o carro, teve um mal súbito e bateu o automóvel. “Tive hemorragia interna, perdi massa muscular de parte do abdômen, entre outras coisas que todos à bordo sofreram”, disse em entrevista à Vogue.

A modelo ficou com cicatrizes no rosto, mas está longe de ter vergonha delas. “Eu amo as minhas cicatrizes, nunca deixei elas me abalarem, muito menos os comentários que ouvi sobre elas. Representam a minha história e como sou forte”, revelou. Por sorte, quando bateram, um médico estava passando pela avenida e parou para socorrê-los.

Engana-se quem pensa que ser modelo é o único interesse de Giulia. Ela já cursou faculdade de Relações internacionais e Secretariado Executivo além de ter, também, trabalhado como auxiliar administrativo. Hoje, agenciada pela WAY Model, mesma empresa que lançou Adriana Ambrósio e Sasha Meneghel, Giulia espera atingir pessoas com histórias semelhantes à dela. “Sempre tive comigo a ideia de que minha história poderia inspirar, ajudar outras pessoas. Quero fazer parte da construção de um mundo melhor, ser a mudança e, agora que tenho recebido mais visibilidade, vejo ainda mais o impacto que posso gerar”, finalizou.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.

Comentários