Segundo a artista, o novo trabalho será mais ousado e mostrará uma Luísa mais madura. “Acho que vai ser uma era muito mais ‘explicit’, tipo ‘Dirrty’ da Christina [Aguilera]. Mais ‘Braba’. Menos ‘Pandorinha’, fofa. Vai ter muito mais imposição, uma Luísa um pouco mais velha já. Uma era mais ‘Braba’”, disse ela.

Luísa também tem investido nas composições visando o novo álbum. Antes da pandemia, ela já havia realizado alguns campings de composição e tem algumas músicas separadas. Mas o objetivo da cantora é chegar a cerca de 40 canções pré-selecionadas para, a partir daí, escolher as 10-12 melhores para estarem no álbum.

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao continuar no site, consideramos que você está ciente e concorda com tal monitoramento. Confira a nossa Política de privacidade. Continuar

Comentários