O cantor Charlie Puth tem sucessos no topo das paradas. O americano está por trás de hits recentes como “We Don’t Talk Anymore”, com Selena Gomez, e “See You Again”, em parceria com o rapper Wiz Khalifa. Foi com ela que fechou o último show do palco Sunset, do Rock in Rio, neste sábado (5).

“Um pouco de pop, jazz, rock e muito musical”, diz Puth, em entrevista à Folha, sobre a apresentação. “Sem explosões, dançarinos, essas coisas”. E assim foi, a partir das 21h31, com um atraso de 16 minutos no início.

Foi a primeira vez do cantor no Brasil, o que ele fez questão de frisar no palco durante o show de 50 minutos. Simpatia com os fãs foi retribuída com um “Charlie, eu te amo”, repetido algumas vezes pelos mais fanáticos.

“Eu já escrevi quatro músicas aqui. Eu desenhei algumas ideias. São apenas melodias, eu vou entrar no avião e aí escrever as letras”, afirma à Folha sobre a inspiração que o Brasil deu.

“Gostei bastante do funk. Eu amo viajar, ouvir todos os tipos de música e cultura, trazê-los comigo e aí criar eu mesmo uma nova música”, diz o americano.

Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha? Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui). Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia. A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!

Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 120 colunistas. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?

Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.