No próximo dia 6 de julho, sexta-feira, às 19h30, o ciclo Cinema & Literatura que acontece no Museu da Imagem e do Som (MIS), de Campinas, sob curadoria do crítico de cinema e jornalista Ricardo Pereira, exibe o filme “Jakob, O Mentiroso”, com direção de Peter Kassovitz, baseado no romance homônimo de Jurek Becker.

Na Polônia ocupada pelos nazistas, em plena Segunda Guerra Mundial, Jakob (Robin Williams), um comerciante empobrecido, traz esperança e humor a um gueto judeu, ao reportar boletins fictícios sobre os passos das tropas russas para derrotar o exército de Hitler. Mas quando os soldados alemães tomam conhecimento da fictícia rádio, eles partem em busca do suposto herói que vem mantendo acesa a chama da resistência. (EUA, 1999. Colorido, 120 min).

O romance Jakob, o Mentiroso, publicado em 1969, consegue fazer o que parece impossível: contar a história do Holocausto com humor. Baseado nos acontecimentos da infância de seu autor, o romance assume a forma de memória do único sobrevivente do gueto judaico, que tem o dever de contar a história não da trágica deportação de seus amigos e familiares, mas dos momentos que antecederam a tragédia.

O Ciclo “Cinema & Literatura” acontece desde agosto de 2011, exibindo, como o próprio nome sugere, adaptações cinematográficas de obras literárias, mas não quaisquer obras. O primeiro critério de seleção dos filmes que compõem o ciclo é justamente a qualidade das obras adaptadas, com isto, nestes quase sete anos de ciclo, já foi possível discutir grandes clássicos da Literatura como Ulysses (James Joyce), “O Processo” (Franz Kafka), “A Montanha Mágica” (Thomas Mann), “Em Busca do Tempo Perdido” (Marcel Proust), “Memórias Póstumas de Brás Cubas” (Machado de Assis), “Anna Karenina” (Leon Tolstoi), “Os Irmãos Karamazov” (Fiodor Dostoievski), “Germinal” (Emile Zola), 1984 (George Orwell), “O Conto da Aia” (Margaret Atwood), dentre outros.