NITERÓI – O Cine Arte UFF, em Icaraí, ganhará um novo sotaque a partir desta quinta-feira, quando começam a ser exibidos os filmes do Festival Varilux de Cinema Francês. A programação terá sessões diárias até o dia 27, com 20 filmes inéditos e um clássico, todos com ingressos a R$ 14. O circuito, que chega à sua nona edição, é realizado simultaneamente em 88 cidades do país e ganhou o título de maior festival de filme francês do mundo no ano passado, quando alcançou a marca de 180 mil espectadores.

Entre os títulos selecionados está um que tem meio século, o longa “Z”, dos roteiristas Costa-Gavras e Jorge Semprún. Representando o clássico da mostra, o filme é considerado um marco no gênero político mundial, com uma trama que foi inspirada no assassinato do deputado grego Lambrakis. Ele mostra que a investigação foi encoberta por uma rede de corrupção e ilegalidade. Outros longas e curtas estão entre os filmes da seleção; que alterna ficções e documentários, passando por comédia, suspense e animação, entre outros.

— Todos os filmes têm distribuidor no Brasil, e a diversidade também é um critério fundamental, pois a programação precisa representar tudo que está sendo feito no cinema francês. Temos até um filme de zumbis, pouco comum nesse cenário — diz a curadora do festival, Emmanuelle Boudier, referindo-se ao fime “A noite devorou o mundo”, de Dominique Rocher.

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias