A Expo Londrina (Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina) está prevista para os dias 9 a 19 de abril e o turismo comercial em Londrina terá alta no período, o que influencia diretamente a geração de empregos diretos e indiretos que deve beneficiar aproximadamente 7 mil trabalhadores em Londrina e região. Segundo o diretor da Associação Rural de Londrina, Luiz Roberto Ferrari, o número de contratações é alto por incluírem as demandas da Sociedade Rural e de empresas parceiras que integram o evento. “A demanda é grande por trabalhos em diversas áreas internas à Exposição. Desde atendimentos nos estandes da Sociedade Rural, dos parceiros, até os setores da segurança, limpeza e portaria do parque”, sintetiza Ferrari. 

 Além da Expo, os festivais culturais geram diversas oportunidades de trabalho temporário em Londrina  para cobrir suas demandas de funcionamento. Após a assinatura do Decreto de Lei do Trabalho Temporário (10.060/2019) em outubro de 2019, foram atualizadas as condições para este regime e os festivais se enquadram em ocasiões de demanda complementar de serviços e podem ofertar vagas de um a 180 dias de trabalho. 

A contratação pode ser direta pelas organizações dos próprios festivais, ou por agências de recursos humanos que intermediam a contratação e oferecem outras oportunidades. Solange Ribeiro, diretora da Alternativa Empregos, explica que um dos atributos mais valorizados no processo de seleção para as vagas de trabalho temporário é a escolaridade e experiência. “A maior oferta de trabalho é para pessoas de segundo grau completo. É importante que o trabalhador tenha experiência na área desejada, isso conta muito para a contratação.” 

Dentre os eventos culturais, o Festival Kinoarte de Cinema é um dos geram inúmeras oportunidades de trabalho nos processos de produção cinematográfica, na exibição técnica dos filmes e na organização. O critério de seleção é baseado na experiência em produção cultural, em conformidade com o atributo mais valorizado das demais áreas de trabalho. Segundo o coordenador do Festival Kinoarte de Cinema, Bruno Ghering,, a cadeia de trabalho é diversa e o período de contratação varia de seis meses, para trabalhos prévios, a quinze dias de antecedência ao festival, o que marca uma regularidade notável quanto à geração de trabalhos temporários para a região. “É bom frisar que a indústria criativa é a que mais gera emprego conforme investimento da isenção fiscal, essa que representa 0,5% da isenção fiscal federal”, completa. 

Além do Festival Kinoarte de Cinema, Londrina conta com outros eventos na área cultural, destinados aos segmentos de teatro, dança, literatura, música, cultura étnica etc. A dica é ficar de olho no calendário e correr atrás das oportunidades de acordo com as datas previstas para os eventos. 

Comentários