O Doclisboa pretende questionar o presente do cinema, em diálogo com o seu passado e assumindo o cinema como um modo de liberdade. Recusando a categorização da prática fílmica, procuram-se as novas problemáticas presentes na imagem cinematográfica, nas suas múltiplas formas de implicação no contemporâneo. O Doclisboa tenta ser um lugar de imaginação da realidade através de novos modos de percepção, reflexão, novas formas possíveis de acção.

Monrovia, em Indiana (1400 habitantes), fundada em 1834, é sobretudo uma comunidade agrícola. O filme analisa os estereótipos contraditórios e mostra como se formam, sentem e vivem valores como serviço comunitário, dever, vida espiritual, generosidade e autenticidade, dando uma visão complexa e matizada da vida quotidiana, com destaque para as organizações e instituições comunitárias, e permitindo compreender um modo de vida rural e conservador.

Retrato autêntico, démodé e bem-humorado da sociedade nipónica, com todas as suas singularidades. Uma ficção do real, com os habitantes a tornarem-se actores de uma narrativa satírico-cómica sobre a sua própria luta contra a opressão. O realizador capta algumas das tradições artísticas nipónicas, como a própria fotografia do filme, rodado em 16 mm, e que evoca constantemente o elogio da sombra, tal como o teatro nô.

The Silence of Others mostra a luta urgente e em curso de vítimas dos 40 anos de ditadura do general Franco, em Espanha, as quais ainda hoje procuram justiça. Rodado ao longo de seis anos, o filme acompanha vítimas e sobreviventes enquanto estes organizam o inovador “Processo Argentino” e enfrentam uma amnésia imposta pelo Estado perante crimes contra a humanidade, num país ainda dividido após quatro décadas de democracia.

Maria Auxiliadora Lara Barcelos foi uma activista política que lutou contra a ditadura brasileira nos anos 1960. Foi presa, torturada e banida do Brasil. Suicidou-se em Berlim, em 1976. Alma Clandestina é uma biografia, mas também uma imersão na complexidade da sua alma, clandestina durante uma grande parte da sua vida.

Vagueando pela paisagem densamente florestada do sul da Eslovénia, o filme depara-se com histórias que despontam da própria terra e têm a dimensão de um fosso entre um acontecimento de resistência popular e os seus vestígios duradouros num presente vedado.

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias