Considerado um marco na história da sétima arte, o clássico do cinema mudo “O Encouraçado Potemkin” (1925), do diretor russo Serguei Eisenstein (1898-1948), ganha uma sessão gratuita com trilha sonora tocada ao vivo pela banda ATR – Aeromoças e Tenistas Russas. A atração ocorre na praça coberta do Sesc Santo Amaro, na próxima sexta, dia 31, às 19h.

O filme conta a história de uma revolta na Rússia do czar Nicolau II em 1905, alguns anos antes da Revolução de 1917. Tudo começa no navio de guerra Potemkin, onde os marinheiros passavam por castigos corporais e eram maltratados pelos seus superiores. Quando são obrigados a comer comida estragada, eles se revoltam, hasteiam a bandeira vermelha e começam um levante na volta do encouraçado para a cidade de Odessa.

A situação fica ainda mais grave quando o comandante mata um dos tripulantes rebeldes. Quando o navio chega ao porto, os trabalhadores que já estavam em greve em terra firme unem-se aos marinheiros revoltosos. Como já havia acontecido alguns dias antes, as forças armadas do czar reprimem com toda violência a manifestação, disparando contra os grevistas e todas as outras pessoas que passavam pela escadaria do porto, incluindo mulheres e crianças.

Essa cena clássica do filme, em que um carrinho de bebê rola escada abaixo, revolucionou a história do cinema. A sequência de seis minutos já foi reproduzida por grandes cineastas. A mais famosa dessas homenagens é do diretor Brian de Palma em “Os Intocáveis”.

A banda ATR usa a linguagem da música eletrônica para criar uma atmosfera imersiva para essa obra-prima do cinema, com uma trilha sonora composta especialmente para a projeção. Com dez anos de carreira e quatro discos lançados, o grupo é formado por Juliano Parreira (baixo e synthbass), Eduardo Porto (bateria, spd-sx e samplers) e Gustavo Koshikumo (guitarra e synth).