Se você é ligada no mundinho da moda, provavelmente já ouviu o nome de Cris Barros. Queridinha de celebridades como Alice Braga e Mariana Ximenes, a estilista paulistana investe em peças que podem sobreviver anos no armário e, mesmo assim, continuam modernas e atuais. Tudo por conta de uma característica que norteia o trabalho da designer desde a criação da etiqueta que leva o seu nome, em 2002: a atemporalidade.

A partir desta quinta-feira, 13, as gaúchas poderão conhecer as novidades de Cris Barros por aqui. É neste dia que a grife inaugura sua primeira loja na Capital, no Shopping Iguatemi Porto Alegre. Por lá, as clientes vão conferir a nova coleção, batizada de Sem Fronteiras.

– Eu e meus sócios, Dani e Luiz Felipe Verdi, sempre tivemos vontade de ter uma loja em Porto Alegre. Estávamos apenas esperando a oportunidade certa. Temos amigos aí e acho as pessoas e a cidade especiais. Sou muito apaixonada pelo sul do país – conta a estilista.

Sua marca carrega uma identidade bem feminina e moderna, que flerta com a fluidez e está atenta às tendências, mas há uma certa atemporalidade. Como você vê esse movimento de muitas marcas – e também consumidoras – investirem cada vez mais em peças que sobrevivem por anos no closet, no lugar de hits da vez?
Sempre criei peças que são atemporais, não gosto de pensar em tendências. Nossa cliente entende e dá muito valor em adquirir peças inovadoras e conceituais, mas duradouras. Principalmente nos dias de hoje, em que o consumo virou algo supérfluo, investir em peças que duram e permeiam várias temporadas faz muito mais sentido.

Sua nova coleção, Sem Fronteiras, fala de liberdade e de equilíbrio. Você acha que a moda está mais descomplicada? Estamos menos preocupadas na hora de nos vestir?
Quis falar de liberdade. Uma coleção sem fronteiras, que descomplica a vida, que olha para o mundo através de um fluxo efervescente de novas ideias e mudanças constantes, buscando a harmonia e o equilíbrio. Hoje as mulheres têm liberdade para escolher o que querem vestir e a forma que querem vestir. Procuro criar através de desejos e de uma forma espontânea.

Você está entre as estilistas mais queridas das celebridades, e veste mulheres de estilos diferentes como Alice Braga, Luiza Moraes e Mariana Ximenes. Qual o segredo para gerar identificação com mulheres de tantos estilos?
Meu processo criativo é através de feeling e desejos pessoais. Fico muito feliz que tantas mulheres com identidades múltiplas se identifiquem. Me dá ainda mais paixão de fazer o que faço. Só me estimula mais ainda para a próxima coleção.