Eduardo Cunha quer usar as mensagens roubadas da Lava Jato para anular seus processos.

Ele recorreu exatamente ao mesmo argumento de Lula: a parcialidade de Sergio Moro.

Os advogados de Eduardo Cunha, segundo o UOL, citaram três reportagens verdevaldianas na petição a Luiz Antonio Bonat.

Como é que se demonstra a parcialidade de um juiz que prendeu o chefe do esquema do PT e o principal articulador do impeachment de tirou o PT do poder?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *