2. Thea Queen foi uma personagem originalmente criada para série, uma vez que Oliver é filho único na banda desenhada, mas acabou por dar também ela origem a uma nova adição às BDs, Emiko Queen. A personagem da série e a dos comics acabaram por partilhar várias semelhanças e por ter uma história parecida.

4. Era suposto que Felicity Smoak, interpretada por Emily Bett Rickards, tivesse tido uma participação curta na série (algumas informações falam em apenas um episódio, outras mencionam três), mas o público reagiu muito bem à personagem e isso assegurou-lhe um lugar permanente em Arrow.

5. Antes de Brandon Routh assumir o papel de Ray Palmer (The Atom), os produtores da série planearam que o ator desse vida a Ted Kord, o Blue Beetle. Contudo, a CW não tinha os direitos sobre o personagem e então houve uma alteração de planos.

1. Esta é a segunda série do Arrowverse e é inspirada no personagem Barry Allen, conhecido como o super-herói The Flash, que surgiu pela primeira vez no mundo da banda desenhada em 1956. No entanto, o seu passado remonta à década anterior, uma vez que Barry é uma reinvenção do personagem Jay Garrick.

5. Flash já tinha tido uma série própria em 1990, também chamada The Flash, e transmitida na CBS. No cinema, o personagem foi recentemente interpretado por Ezra Miller em Batman v Superman: Dawn of Justice, Suicide Squad e Justice League, estando ainda previsto um filme para 2020 centrado no homem mais rápido do mundo. Há ainda inúmeras séries, filmes de animação e jogos de vídeo em que o personagem pode ser visto.

2. O processo para escolher a protagonista de Supergirl foi longo e complicado, mas Melissa Benoist terá sido sempre uma das favoritas na corrida para o papel. Nomes como Claire Holt (The Vampire Diaries e The Originals), Elizabeth Lail (Once Upon a Time) e Gemma Atkinson (Casualty) também estiveram na lista de possíveis intérpretes da super-heroína,

9. A Supergirl já apareceu em Smallville, interpretada por Laura Vandervoort, mas muito antes disso já tinha tido o seu próprio filme, em 1984, com Helen Slater como protagonista. À semelhança das outras personagens da DC, também pode ser vista em vários formatos de animação e em vídeojogos.