15 coisas que você não sabe sobre Joaquin Phoenix, o astro de Coringa

Joaquin Phoenix vai ganhar, finalmente, o Oscar de melhor ator 2020 por sua maravilhosa atuação em Coringa? Estou (ou estamos?) na torcida! Muita gente sabe que, por exemplo, ele já foi três vezes indicado ao prêmio, mas poucos devem saber as quinze coisas listadas abaixo.

1 – Ele nasceu em Porto Rico, em 1974, onde seus pais, missionários, serviam ao movimento religioso Children of God. A família viajava muito pela América Central e do Sul e só aos 6 anos de idade é que Joaquin se estabeleceu definitivamente em Los Angeles.

2 – Seu nome completo e verdadeiro é Joaquin Rafael Bottom – o Phoenix foi agregado à toda família por seus pais como sinônimo de “novos começos”, uma homenagem à Fênix, a ave da mitologia grega que renasceu das cinzas.

3 – Por sugestão de seus irmãos mais velhos, River (rio) e Rain (chuva), Joaquin adotou por um tempo o nome de Leaf (folha). Ele o usou até 1989, no filme O Tiro que Não Saiu pela Culatra. Os outros irmãos mais novos são Liberty (liberdade) e Summer (verão).

5 – Em 31 de outubro de 1993, Joaquin estava no The Viper Room (uma boate de Los Angeles que pertencia a Johnny Depp) quando seu irmão, River Phoenix, teve uma overdose de drogas. Foi Joaquin quem fez a ligação para o 911 para socorrer seu irmão, que veio a falecer.

6 – Vegano desde os 3 anos de idade, ele se recusou a calçar um sapato feito de couro numa campanha da grife Prada. O mesmo ocorreu nos filmes Gladiador, Contos Proibidos do Marquês de Sade e Johnny & June, que tinham figurinos com peles de animais. Por cláusula no contrato, Joaquin exibe que sejam materiais sintéticos.

Leia também  Smallville: As Melhores Curiosidades

12 – Em 2008, ele anunciou sua aposentadoria do cinema para dedicar-se à carreira de rapper. Seguiram-se, então, vários aparições e apresentações bizarras, incluindo uma “não-participação” no programa de David Letterman. Dois anos depois, a farsa foi revelada: tudo era parte da promoção do filme Eu Ainda Estou Aqui, um falso documentário dirigido por seu então cunhado, Casey Affleck.

14 – Em 2004, ganhou o salário de 5 milhões de dólares para fazer A Vila, de M. Night Shyamalan. Pelo papel de Johnny Cash, em Johnny & June (2005), que lhe rendeu indicação ao Oscar de melhor ator, recebeu 3,5 milhões de dólares.

15 – Depois de Liv Tyler, Joaquin teve várias namoradas e “ficantes”. Algumas relações duraram, outras foram passageiras ou não oficialmente confirmadas. Eis o casting: Jessica Joffe (1998), Anna Friel (1999), Amelia Warner (2000), Topaz Page-Green (2001-2005), Anna Paquin (2001, não confirmado), Inger Ebeltoft (2001), Ginnifer Goodwin (2005), Shannyn Sossamon (2005), Lindsay Lohan (2006-2010), Lena Denasha (2010), Aria Crescendo (2010), Nika (2012-2013), Heather Christie (2012), Allie Teilz (2012-2013), Rooney Mara (desde outubro de 2016).

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.