Alone in the Dark: veja curiosidades sobre o game

Alone in the Dark é uma série de jogos de terror criada em 1992, pela Infogrames. Por conta de seu enorme sucesso, o título rendeu dois filmes de mesmo nome, além de sua outras versões e um game bônus.

Os fãs de Alone in the Dark se referem ao jogo como o “pai” do gênero de sobrevivência em ambientes de terror, também conhecido como Survival Horror. Embora outros títulos do gênero também tenham feito muito sucesso, como Resident Evil e Silent Hill, Alone in the Dark foi o primeiro a ser lançado, o que lhe rendeu essa fama.

Atualmente, a franquia de Alone in the Dark conta com sete jogos. São eles: Alone in the Dark (1992), Jack in the Dark (1993), Alone in the Dark 2 (1993), Alone in the Dark 3 (1994), Alone in the Dark: The New Nightmare (2001), Alone in the Dark (2008) e Alone in the Dark: Illumination (2015). Os títulos foram cada vez mais desenvolvidos ao longo dos anos, com gráficos diferenciados, embora o enredo seja sempre muito parecido.

Sim, você não leu errado: Jack in the Dark é o nome do segundo jogo lançado. Ele foi desenvolvido como um minigame que complementou o primeiro jogo, além de ter sido usado como promoção e distribuído com várias cópias de Alone in the Dark 2, em comemoração ao Natal.

O último título da franquia foi lançado em 2015, há quatro anos. Isso porque sua versão anterior, intitulada Alone in the Dark, foi lançado com uma série de problemas e bugs, causando assim a insatisfação de seus fãs. Por isso, atualmente, não há previsão para novos títulos da série, que acabou perdendo forças ao longo dos anos, principalmente por conta de outros jogos do mesmo gênero com enorme sucesso.

O famoso escritor de livros de horror, H. P. Lovecraft, foi responsável por inspirar a criação do primeiro jogo da franquia. Se você já leu algum livro do autor, provavelmente poderá notar aspectos de suas obras nos cenários dos games, bem como em algumas criaturas. Além disso, o nome de Lovecraft aparece nos créditos do jogo.

Devido justamente à inspiração de H. P. Lovecraft, o jogo inicialmente seria parte de uma série inspirada na coleção de contos Call of Cthulhu, cujo gênero é voltado para um horror cósmico.

O primeiro filme da franquia foi lançado em 2005 e ganhou uma continuação no ano de 2009. No entanto, as adaptações do jogo não agradaram muito o público, o que não rendeu muita bilheteria.

Alone in the Dark: Illumination é o único jogo de toda a franquia que pode ser jogado somente online. Nele, você pode controlar um personagem e resolver mistérios de maneira cooperativa, ou seja, com outros jogadores.

A franquia Alone in the Dark tem como foco um único protagonista: Edward Carnby, um investigador que busca resolver o mistério que envolve uma mansão assombrada no primeiro jogo. Carnby é, até hoje, considerado o grande protagonista da série.

A franquia Alone in the Dark faz parte da lista “1001 Videogames Para Jogar Antes de Morrer”, do editor Tony Mott. É possível adquirir o livro com a lista em diversas livrarias do Brasil. Outros títulos que a integram são Street Fighter II Hyperfighting, Donkey Kong Country 3 e Mortal Kombat.

Alguns dizem que um dos quadros da Derceto Manor, local onde se passa o primeiro jogo de Alone in the Dark, mostra a cena final do jogo, o que pode ser bem legal para aflorar a curiosidade de jogadores atentos.