Que Star Wars é um super clássico do cinema, todos sabemos. Contudo, mesmo quem não gosta muito do estilo do filme acaba ficando por dentro de muita coisa devido a fama.

O primeiro filme, Star Wars (ainda sem o subtítulo Uma Nova Esperança), estreou no dia 25 de maio de 1977 em apenas 42 salas de cinemas nos Estados Unidos. Mas o início tímido foi apenas nisso, pois o filme fez muito sucesso fazendo com que todas as salas tivessem recordes de público, apesar do estúdio não ter feito muita publicidade na época. No fim, o filme ficou um ano e dois meses em cartaz.

Lucas apresentou o roteiro para vários amigos diretores que fizeram duras críticas. A ponto de desistir da obra, decidiu mostrar ao amigo e colega de profissão Spielberg, que trabalhava no filme “Contatos Imediatos de Terceiro Grau” na mesma época.

O resultado foi sucesso dos dois lados! O filme de Spielberg rendeu mais de US$ 300 milhões enquanto Star Wars US$ 460 milhões só nos EUA e mais de US$ 775 milhões no mundo. Inclusive, Spielberg recebe dinheiro por Star Wars até os dias atuais.

George Lucas sempre foi apaixonado por carros e velocidade. Seu sonho era ser piloto, mas um acidente em 1962, aos 18 anos, mudou o destino de Lucas. Com isso, começou a se interessar por artes e fotografia e decidiu entrar no mundo dos filmes.

Durante as filmagens de O Despertar da Força em 2014, Harrison Ford quebrou o tornozelo na porta hidráulica do Millennium Falcon. O diretor J.J. Abrams revelou ter distendido a coluna ao tentar tirar Ford debaixo da porta.

A Saga espacial de George Lucas influencia até hoje grandes nomes de Hollywood. As franquias Alien, O Cavaleiro das Trevas, Guardiões da Galáxia, Capitão América e até mesmo Toy Story têm influência direta dos filmes da Lucasfilm.

Em Toy Story, por exemplo, Buzz Lightyear é um astronauta que vem de uma galáxia muito, muito distante e seu inimigo é um imperador que construiu uma arma que pode destruir um planeta. Os sons de sua armadura também faz referência a Star Wars, da respiração de seu capacete ao laser parecido com o blaster de um TIE fighter.

Carrie Fischer, atriz que interpretou a Princesa Leia, morreu no final de 2016 em decorrência de um ataque cardíaco. Porém, a atriz pediu que seu obituário fosse dizendo que “morreu afogada sob a luz da Lua, estrangulada pelo próprio sutiã”.

O motivo é curioso, no filme Uma Nova Esperança, George Lucas não permitiu que ela usasse a peça em questão alegando que no espaço “seu corpo incha e seu sutiã, não”, o que faria com que ela morresse estrangulada. Fischer achou absurdo e decidiu que queria que seu obituário fosse assim.

No dia 4 de maio de 2018, o aeroporto de Heathrow, em Londres, montou embarques especiais para planetas da franquia Guerra nas Estrelas. Os painéis do aeroporto tinham diversas referências à mitologia de Star Wars e piadas internas. Destinos como Tatooine, Kamino, Hoth e Jakku estavam no quadro em homenagem à data, acompanhados dos nomes dos voos C-3P0, R2-D2, BB-8, Boba, Wookie e W1cket.

O famoso Yoda foi inspirado em Albert Einstein. De acordo com Stuart Freeborn, supervisor de efeitos especiais em O Império Contra-Ataca, usou o próprio rosto misturado com o rosto do físico para criar o personagem.

Uma das características da saga é o faturamento gordo de cada produção. Confira abaixo os valores, sem correção da inflação, de cada um, de acordo com informações da UOL:

Gostou desse conteúdo? Deixe seu comentário no campo abaixo! E se você conhece alguma história bacana de Bauru e quer que ela seja contada aqui, entre em contato pelo e-mail sugestao.pauta@solutudo.com.br ou pelo nosso WhatsApp.

Comentários