De longe o lugar mais visto durante todos estes anos em Grey’s Anatomy, o Grey Sloan Memorial, hospital da série, é o cenário onde basicamente todos os dramas, romances e tragédias acontecem.

1. O Grey Sloan Memorial Hospital nem sempre foi chamado dessa forma. O lugar, na verdade, já teve outros dois nomes. O primeiro deles foi Seattle Grace Hospital e o segundo, Seattle Grace Mercy West Hospital – nome adotado devido a fusão feita com o hospital Mercy West.

Já o nome atual do hospital é uma homenagem a dois médicos que trabalharam no local e que morreram em decorrência de um acidente de avião: Mark Sloan e Lexie Grey.

4. O hospital abriga uma clínica gratuita, a Clínica Memorial Denny Duquette. Criada por Miranda Bailey, ela foi construída e equipada com os 8,7 milhões de dólares doados por Izzie Stevens.

O lugar, inclusive, recebeu esse nome em homenagem a Denny Duquette, um paciente com quem Izzie teve um intenso relacionamento e que lhe deixou a quantia de herança.

5. Talvez você nunca tenha reparado nisso, mas nos elevadores do Grey Sloan já aconteceram algumas das cenas mais importantes da série: o pedido de casamento de Derek e Meredith; o momento em que Callie contou da sua gravidez para Arizona, a confissão de Jo para Alex de que já era casada; a cirurgia cardíaca que George realizou praticamente sozinho e até o momento do tiroteio em que Alex, baleado, conseguiu “abrigo” no elevador. Isso só para citar algumas situações!

Grey’s Anatomy é uma série estadunidense de drama médico exibida no horário nobre da rede ABC. A série estreou em março de 2005 e até o momento conta com nada menos do que 15 temporadas.

Acompanhando a história de cinco internos em cirurgia, a série aborda não só o lado humano da medicina, mas também os relacionamentos dos protagonistas entre si, assim como com seus superiores, com destaque para o romance entre Meredith Grey e Derek Shepherd.

Comentários