Dramaturgia nas lojas, antes do Globoplay

Num mundo no qual o Globoplay está oferecendo um arquivo das novelas em exibição e resgatando clássicos da TV Globo e ainda há o YouTube para exibição “pirata” de capítulos, já há toda uma geração que nem imagina como se fazia antes para ter acesso a alguma história marcante sem ter que esperar por uma reprise que talvez jamais viesse a ocorrer.

Veja também:

Na última década, os lançamentos de compactos de novelas em DVD movimentaram o público noveleiro, que torceu para que esta ou aquela história fosse lançada como já torcia para que houvesse uma reprise. Entre 2010 e 2017, 20 folhetins foram lançados em DVD pela Globo Marcas, tendo sido o primeiro deles Roque Santeiro, em 16 discos.

Continua depois da publicidade

Não foi possível carregar anúncio

Anteriormente, até pela sua duração bem menor do que a das novelas, as minisséries foram agraciadas com o lançamento de compactos em VHS, isso desde os anos 1980. Lampião e Maria Bonita (1982) e Bandidos da Falange (1983) foram algumas das primeiras minisséries brasileiras – e também das primeiras lançadas para consumo doméstico via Globo Vídeo.

Também houve alguns especiais disponibilizados em fita, como no caso do premiado Morte e Vida Severina, de 1981. A Manchete Vídeo concorreu diretamente com lançamentos de dramaturgia, documentários e filmes. Saiba mais nas Curiosidades da TV do Observatório da TV desta semana. Confira o vídeo!

Leia também  'Tô Indo' estreia prometendo histórias e curiosidades de Minas Gerais