O HondaJet Elite tem uma autonomia adicional de 17% (+ 396kms) relativamente ao modelo anterior e está equipado com uma estrutura de atenuação de ruído de que cobre cada motor e reduz de forma significativa o ruído de alta favorecendo a tranquilidade na cabine. Adicionalmente, o avançado sistema aviónico da nova aeronave incorpora funções adicionais de gestão de desempenho para um ótimo planeamento de voo e funções automáticas de estabilidade e proteção melhorando a segurança.

O presidente e CEO da Honda Aircraft Company, Michimasa Fujino, referiu na apresentação deste novo modelo que “O HondaJet Elite representa o compromisso contínuo da Honda Aircraft com a eficiência e a contribuição de valor adicional para a aviação comercial”, acrescentando que “Como resultado da inovação, design e engenharia aplicados, a nova aeronave incorpora melhorias de desempenho e conforto que, mais uma vez, definem um novo padrão na aviação. Estamos muito orgulhosos de mostrar ao mundo o mais recente feito tecnológico da Honda Aircraft”.

A nova aeronave foi projetada para oferecer aos passageiros a melhor experiência, utilizando as avançadas tecnologias pioneiras da Honda Aircraft e dos mais recentes avanços em desempenho e conforto na indústria da aviação. O HondaJet Elite é mais eficiente no consumo de combustível do que qualquer outro avião na sua categoria e emite menos gases do efeito estufa do que outros aviões comerciais de tamanho e tecnologias similares.

O HondaJet Elite herdou os revolucionários avanços aeronáuticos desenvolvidos pela Honda Aircraft, incluindo a configuração exclusiva de motores montados nas asas (OTWEM), a asa de fluxo laminar natural (NLF) e a fuselagem composta. O avião continua a ser o mais eficiente, silencioso, rápido e que pode voar a maior altura e distância na sua categoria.

O HondaJet Elite também respeita o meio ambiente, oferecendo a melhor eficiência de combustível em sua classe, oferecendo a melhor velocidade, altitude e alcance em sua classe. O HondaJet Elite já tem a certificação de voo da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (FAA) e a Honda Aircraft Company espera obter em breve a da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA).

E se nas cores elas vão ser em três combinações diferentes, é claro que existe o momento em que é necessário falar do preço: apenas sabemos por enquanto o valor pedido pelo seu irmão mais velho, o HondaJet – cerca de 4 milhões de euros.

A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não pretende ser exaustiva nem completa. Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de que a informação disponibilizada seja o mais correcta possível. Os preços, quando existentes, são indicativos e devem ser confirmados com os respectivos fornecedores ou marcas presentes neste portal, assim como qualquer tipo de características técnicas.

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

entre para o Desafio 19 dias