Com três gols em três jogos, Diego Souza tem sido o grande nome do início de temporada do Grêmio. E a fase animadora foi corroborada com um gol no Gre-Nal do último sábado. Com um cabeceio certeiro, o centroavante foi o herói da vitória de 1×0 sobre o rival dentro do Beira-Rio e, claro, caiu nas graças da galera.

“O Maicon tem intimidade comigo. Jogo contra ele desde os 10 ou 11 anos. Fizemos a base toda um contra o outro. Ele no Madureira e eu no Fluminense. Ele jogava no time que tinha o André Lima, o time dele batia de frente com o mesmo. Flamengo e Vasco não chegavam e era sempre a gente decidindo. Então a gente se dá bem mesmo”, disse o jogador ao UOL Esporte.

“Ele ligou e falou: ‘e aí, como você tá? Como tá fisicamente, de cabeça? Quer a oportunidade??’. Pô, disse que sim na hora e ele falou que iam me ligar depois. Me ligaram e agora estou aqui”, revelou Diego.

Renato vinha falando antes mesmo da contratação: “O homem tá fininho”. E a boa forma física, bem como a fase técnica, tem explicação pela dedicação nas próprias férias:

“Claro que isso fez diferença. Eu estreei aqui com uma semana de clube, então o que eu fiz sozinho ajudou. Sim, não é a mesma coisa que treinar com bola e em grupo, mas cheguei muito bem fisicamente”, concluiu Diego.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies

Comentários