'Zerado' no primeiro semestre, Corinthians chega ao quarto pênalti em 2019; veja curiosidades

O Corinthians contou com um pênalti a seu favor já no apagar das luzes no Serra Dourada, na noite da última quarta-feira, para empatar em 2 a 2 o confronto com o Goiás. Foi a quarta penalidade marcada para o Timão em 26 rodadas do Campeonato Brasileiro.

E engana-se quem acusa o Corinthians de ser beneficiado em tal tipo de marcação. Os comandados de Fábio Carille, afinal de contas, aparecem em oitavo lugar (empatados com outros quatro times) no ranking de equipes com mais pênaltis a favor – veja lista abaixo.

Também chama atenção o fato de o Corinthians ter passado o primeiro semestre inteiro sem um pênalti sequer marcado a seu favor em qualquer competição. Nem Paulista, nem Copa do Brasil, nem Copa Sul-Americana, nem Brasileirão. A primeira vez que o Timão foi à marca da cal durante os 90 minutos regulamentares de um jogo foi no empate de 1 a 1 contra o Flamengo, em julho, já na retomada do campeonato pós-Copa América, em Itaquera.

A Arena Corinthians, aliás, registrou três dos quatro pênaltis do Timão na temporada. Além do já citado contra o Flamengo, o Corinthians também teve marcações a seu favor diante de Goiás (vitória por 2 a 0) e Bahia (vitória de 2 a 1). A penalidade dessa última quarta-feira, também contra os esmeraldinos, mas em Goiânia, foi a primeira longe de casa.

O que não teve de inédito nessa última marcação foi a modalidade de pênalti: toque na mão. Foi assim que três das quatro penalidades pró-Corinthians foram assinaladas. A exceção foi justamente a primeira, em que Vagner Love foi derrubado na área flamenguista.

Vagner Love, por sua vez, é autor de um dos quatro gols de pênalti do Corinthians no ano – a equipe converteu suas quatro cobranças. Também bateram (e fizeram!) Clayson, Boselli e, mais recentemente, Gustagol. Haverá ainda mais goleadores desse tipo em 2019?

Leia também  Faça em casa: doce de laranja amarga da Dona Cecília

Se mantiver a média, haverá ao menos mais uma chance para tal. Desde que teve sua primeira penalidade a favor sinalizada, o Corinthians vem sustentando a “regra” de um pênalti por mês: julho, agosto, setembro e, agora, outubro. Novembro vem aí…