Daniel Ramos aguarda com expetativa a estreia no banco ao leme do Boavista, procurando encontrar a transição mais pacífica para a receção ao Portimonense, após ter rendido Lito Vidigal.

Enquanto se foca na próxima jornada, o técnico dos axadrezados também vai já lançando um olhar profundo ao plantel, entendendo que são necessários reajustes. A primeira deliberação passa por emagrecer o plantel, havendo a perceção de que os 30 jogadores representam um número excessivo. A porta está, nesta fase, mais aberta a saídas do que a entradas. 

Facebook Comments