Nesta terça-feira, dia 15 de setembro, é comemorado o Dia de Nossa Senhora das Dores. O Complexo Hospitalar da Santa Casa de Bragança Paulista destaca a seguir uma mensagem especial sobre a Senhora das Dores.

Nossa Senhora das Dores (ou Nossa Senhora da Piedade) é uma forma pela qual é venerada Maria, a mãe de Jesus, pela igreja católica. Nas imagens, como mostramos acima, ela aparece com facas ou espadas que atravessam o coração.

Como fruto da devoção à Cruz, nasce em 1239, em Florança, na Ordem dos Servitas a devoção à Master Dolorosa (Mãe das Dores). Das Sete Dores de Maria nasceu o título de Nossa Senhora das Dores, tão cultuado pelos católicos do mundo inteiro, sobretudo na Semana Santa. Veja abaixo a oração no Dia de Nossa Senhora das Dores.

“Ó Maria, Vós que percorrestes o caminho da cruz juntamente com o Filho, sentindo vosso coração de mãe despedaçado pela dor, mas sempre recordada e intimamente confiante de que Aquele para quem nada é impossível saberia dar cumprimento às suas promessas, implorai para nós e para as futuras gerações a graça do abandono ao amor de Deus. Fazei com que em presença do sofrimento, do desprezo, da prova, ainda que prolongada e dura, nunca duvidemos do seu amor. A Jesus, vosso Filho, honra e glória para sempre. Amém”.

São 7 Dores de Nossa Senhora, como fuga para Egito, perda do menino Jesus, encontro no Calvário, coração dilacerado assiste à crucificação, entre outras dores.

“Nunca, jamais desanimeis, embora venham ventos contrários” (Santa Paulina)

Comentários