Estudos demonstram que o exercício físico sozinho não emagrece. Quando o assunto é perder peso, é fundamental ajustar a ingestão calórica.

Em uma pesquisa realizada pela Universidade de Alberta, no Canadá, pesquisadores usaram dois grupos de pessoas praticantes de exercícios, porém, apenas um deles também fazia dieta. Ao final de seis meses de treino, o grupo que apenas treinou e não fez dieta perdeu 4,1kg (sendo 1,3kg de gordura), enquanto o grupo que fez treino aeróbio junto com a dieta perdeu 12kg (sendo 8,5kg de gordura).

Outro estudo, da Universidade de Virginia, Estados Unidos, comparou resultados somente em treino aeróbio contra apenas dieta e somente dieta contra dieta + treino. E os resultados mostraram que quem fez somente dieta teve diminuição relevante do peso e gordura corporal em comparação com quem fez somente exercício.

Quando comparado dieta + exercício contra somente dieta, os resultados foram controversos. Alguns artigos mostraram ser melhor combinar treino aeróbio + dieta para emagrecer e boa parte dos trabalhos não mostrou diferenças acentuadas.

O Departamento de Medicina esportiva do Instituto Oulu Deaconess, na Finlândia, fez uma revisão da literatura com pessoas praticantes apenas de exercícios aeróbio e mostraram que, ao realizar apenas o treino, foi possível diminuir 1,7kg de gordura por um período de seis a 12 meses.

Fica claro que a restrição calórica é fundamental para o emagrecimento. Porém, praticar exercícios físicos é uma das maneiras de manter a saúde, a sustentabilidade do emagrecimento (evitando o efeito sanfona) e gerar uma integridade metabólica adequada.

O exercício tem a função de melhorar o organismo metabolicamente. Isso ajuda a combater doenças metabólicas, contribui para o emagrecimento de maneira equilibrada e causa menos inflamação.