O PostTrak, serviço de pesquisa sobre filmes, indica que a faixa etária que mais frequenta os cinemas atualmente está entre 18 e 24 anos. O número surpreende principalmente porque era muito menor 7 anos atrás, quando os jovens representavam apenas um quarto de todos os compradores de ingressos.

Segundo os dados, apenas 11% do público geral que vai ao cinema tem mais de 55 anos. Também ficou registrado, utilizando 1,25 milhão de consumidores em 1.002 filmes como base, que 34,4% disseram que frequentemente assistem a filmes em serviços de streaming e na televisão.

Para Paul Dergarabedian, analista sênior de mídia da Comscore, dona da PostTrak, o número de espectadores em casa é a prova de que cinema e plataformas como a Netflix podem coexistir sem problemas, pois não é necessário escolher apenas uma das opções. Segundo ele, há um grupo de pessoas dinâmicas que buscam entretenimento e não se importam muito onde encontrarão o conteúdo desejado.

O analista, segundo aponta o portal IndieWire, também prevê que empresas como a Disney, detentora de cerca 40% da bilheteria do cinema mundial, trabalharão para aumentar a conexão entre as suas plataformas de streaming e os seus longas nas telonas. No caso da casa do Mickey, devemos ver uma grande ligação entre as séries do Disney+ e os filmes lançados fora do serviço.

Os cinemas ainda são um lugar visitado por jovens e deverão continuar sendo por muito tempo. Neste ano, vimos Vingadores: Ultimato se tornar a maior bilheteria de todos os tempos, com grande parte de seu público formado por pessoas mais novas. O Rei Leão, Capitã Marvel e Homem-Aranha: Longe de Casa também foram destaques, atingindo a casa do bilhão.

Facebook Comments