Se Lady Gaga e Bradley Cooper emocionaram ao cantar “Shallow”, em “Nasce Uma Estrela”, um trecho da versão brasileira interpretada por Paula Fernandes e Luan Santana mal foi divulgado e já lidera em críticas e memes. 

Em entrevista ao jornal O TEMPO, a cantora afirmou que acordou com uma enxurrada de marcações, brincadeiras e críticas. Nesta sexta-feira (17), “juntos e shallow now” “#morreumaestrela” foram os assuntos mais citados online.

“Acordei com todos esses memes e confesso que estou me divertindo. Fiz uma versão adaptada, não uma tradução. Eu dei o meu toque ao escrever a letra. Como autora, me senti livre pra juntar os idiomas”, disse a sertaneja. “A gente nunca vai agradar todo mundo, né?!”, questionou. 

Orgulhosa, Paula reforça que enviou a letra da para Lady Gaga e teve total aprovação para gravar. A canção será lançada neste domingo (19), em todas as plataformas digitais. “Eu me apaixonei pela música assim que ouvi. Imagina a minha alegria em saber que ela aprovou sem nenhuma correção?”, falou ela.

Se a sertaneja está feliz, os fãs não estão muito satisfeitos. Diversos internautas têm criticado a utilização das palavras em inglês em meio a frase em português. Claro que, entre as brincadeiras, até o Padre Fábio de Melo apareceu. “Queria muito comer um pastel com caldo de cana e shallow now”, postou ele no Twitter. 

Mineira não foi a primeira Apesar do burburinho provocado pela versão de “Shallow”, essa não é a primeira vez que um artista brasileiro dá uma nova roupagem para hinos gringos. A banda Yahoo já divulgou sua versão de “Hey Jude”, dos Beatles, e também foi criticada.

Sandy e Júnior estão de volta. Mas, em suas origens, os irmãos criaram “Em Cada Sonho”, que é a versão brasileira para “My Heart Will Go On”, eternizada em “Titanic”, na voz de Celine Dion. 

Gravação  O novo DVD de Paula Fernandes, “Origens”, será gravado no próximo dia 12, no Dia dos Namorados, em Sete Lagoas. Durante a gravação, a cantora terá como convidados César Menotti e Fabiano, Kell Smith e Gustavo Mioto. “Eu sempre cantei o amor”, disse ela sobre a escolha da data.

Por quê a escolha de Luan Santana para este dueto? Ele é muito talentoso, e eu tinha certeza de que se entregaria para letra tanto quanto eu – e foi isso que ele fez! 

Como lida com as críticas? A gente nunca vai agradar todo mundo, né!? As críticas vêm com a exposição, e já estou acostumada, o importante é manter o foco.

Em “Shallow”, é falado sobre pessoas apaixonadas. Como está a vida sentimental? No momento, estou focada no meu trabalho e ainda esperando meu grande amor.

No próximo dia 12, você vai gravar um DVD em Sete Lagoas, sua cidade natal. Por quê inaugurar esse grande projeto agora lá? Por quê não antes? Eu saí bem nova da minha cidade para trabalhar e nunca tive a oportunidade de voltar para lá com um grande projeto. Essa é a primeira vez que a oportunidade surge, principalmente porque vou resgatar muito da Paula Fernandes do início da carreira. Então, acabou sendo o momento ideal.

Luiz, Câmera, Ação apresenta as estreias da semana dos cinemas de Belo Horizonte e região metropolitana. Veja a programação completa de 16/05/2019 a 22/05/2019 em www.otempo.com.br