Quando Stanley Kubrick lançou ‘O Iluminado’, em 1980, estabeleceu um patamar no Suspense e Terror, que dificilmente são superados. Seja pela forma de abordar a obra de Stephen King, ou por como conduz o espectador por meio dos seus ângulos, é um marco do cinema praticamente imbatível. Agora, quase 40 anos depois, Mike Flanagan tem a missão de, pelo menos, equiparar-se à obra do mestre do cinema, com a estreia da continuação ‘Doutor Sono’.

Acompanhando o já adulto Danny Torrance (Ewan McGregor), o longa-metragem é uma sequência direta de ‘O Iluminado’ e mostra como Danny tenta conciliar sua vida com os poderes psíquicos, descobertos na infância.

Para quem já assistiu ao primeiro filme e não lembra, ou para aqueles que vão assistir direto essa nova produção, na infância, Danny conseguiu sobreviver a uma tentativa de homicídio por parte do pai, um escritor perturbado por espíritos malignos do Hotel Overlook. 

Ele cresceu e, agora, é um adulto traumatizado e alcoólatra. Sem residência fixa, se estabelece em uma pequena cidade, onde consegue um emprego no hospital local. Mas a paz de Danny está com os dias contados, a partir de quando cria um vínculo telepático com Abra, uma menina com poderes tão fortes quanto aqueles que bloqueia dentro de si.

Doutor Sono procura ser muito mais baseado no livro de King, mas é inevitavelmente uma sequência do filme de 1980, por isso, baseia-se muito no que foi mostrado no longa de Kubrick. Talvez, um dos objetivos seja conciliar a visão do autor com o filme, para não cometer deslizes. Mas vai de cada um interpretar a forma como Flanagan embarca nesse universo. Doutor Sono está nos cinemas, confira os horários e sessões no portal CLMais.

Facebook Comments