“Vou morrer viciado”, disse Leo Dias em entrevista exibida pelo Conexão Repórter, em outubro de 2018, semanas após iniciar um tratamento contra o vício em cocaína. Apesar da declaração, ele afirma não querer morrer de overdose. “Seria um fim trágico demais”, disse em uma série de tweets em fevereiro deste ano.

Nesta terça-feira (07/05/2019), o jornalista completa 44 anos. Nascido em 1975, Dias — que se tornou uma celebridade nacional devido à apresentação diária do Fofocalizando, no SBT — usou as redes sociais para celebrar mais um ano de vida. Desta vez, sem as drogas.

“Hoje, eu dou o melhor presente de aniversário para mim mesmo: cuidei verdadeiramente do meu corpo e da minha alma. Esse é o melhor presente que poderia me dar: a sobriedade e a lucidez. Vamos celebrar a vida”, declarou.

Hoje eu dou o melhor presente de aniversário para MIM mesmo: cuidei verdadeiramente do meu corpo e da minha alma. Esse é o melhor presente que poderia me dar: a sobriedade e a lucidez. Vamos celebrar a vida. #44 07/05/75

Amigo fiel de Lívia Andrade, que também ocupa as tardes na emissora paulista, Dias leu uma mensagem de apoio após a publicação no Instagram. “Não basta querer, tem que fazer acontecer!!! E você fez por merecer, é um verdadeiro guerreiro, pra você e por você, lutou por sua melhor versão, parabéns meu amigo, orgulho de você”, escreveu a famosa.

A vida de Leo tomou rumos sem volta, mas o jornalista já esteve no fundo do poço. A Roberto Cabrini, abriu o coração, e além de alegar que morrerá viciado, deu detalhes acerca da droga, que consumiu 16 anos de sua jornada na Terra. “Eu tinha 21 anos quando experimentei ecstasy. Depois foi a cocaína”, disse.

Leia também  Sensações na web, Gil do Vigor e Juliette podem até salvar as eleições

Foi alertado por um ex-namorado em 2006. “Ele chegou e disse: ‘Você está viciado, você não consegue mais fazer seu trabalho’”. A decisão de se internar, contudo, surgiu somente 12 anos depois. “Já era público entre as pessoas no meio artístico, mas eu com essa exposição que a TV deu, passei a virar vidraça. E aí, como posso cobrar verdade de uma pessoa se escondo a minha verdade?”.

Mas a popularidade de Dias não se deu devido à polêmica, e sim pelo compromisso com suas celebridades. Amigo de várias delas, o comunicador se tornou tão famoso quanto Bruna Marquezine, Marina Ruy Barbosa e tantas outras citadas ao longo dos quase três anos de Fofocalizando.

Trabalhou no jornal O Dia por oito anos, mas anunciou sua mudança para o portal UOL em 9 de abril. Em post no Instagram, ele agradeceu o carinho de colegas e deu início a mais uma de suas conquistas, agora como o maior fofoqueiro do Brasil. Em dezembro de 2018, ganhou o Troféu UOL TV e Famosos na categoria Revelação.

Em meio a notícias exclusivas, babados escandalosos e tretas das quais prefere se manter distante, Leo Dias arrebatou até o meio literário com a biografia da cantora Anitta. Em março, lançou Furacão Anitta, um estouro de vendas que deixou o nome do jornalista em completa evidência. Fãs de fofoca e, principalmente, da funkeira, não ignoram mais este nome.

Atualmente, com mais de 3 milhões de seguidores nas redes sociais, o jornalista consagrado construiu uma fortaleza que o elevou até mesmo ao júri do Troféu Imprensa, comandado por Silvio Santos no SBT. Queridinho do patrão, Dias ainda não deu mostras de que deixará a emissora responsável por seu progresso. Mas há algo que não se pode deixar passar: Dias é um homem realizado.

close

🤞 Não perca nada!

Assine nossa newsletter e receba novidades e ofertas exclusivas!

Leia também  Boninho fala sobre estado de saúde de Faustão: 'Dia difícil' | Celebridades

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

Conheça o Desafio 19 dias!