A apresentadora Eliana, 46, está sendo processada por uma babá que trabalhou na casa dela por cerca de três anos. De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, ela cobra na justiça uma indenização de R$ 100 mil e pede o pagamento de encargos como horas extras.

Segundo o colunista, a pedida inicial da babá era de R$ 350 mil, mas houve uma redução na tentativa de um acordo. A defesa de Eliana teria feito uma contraproposta de R$ 40 mil, valor recusado pela babá e seus advogados.

A babá alega ao juiz que deveria trabalhar das 8h às 18h, com uma hora de almoço, mas na dinâmica da rotina da família de Eliana entrava antes das 7h e ia embora após 22h.

Procurados, ninguém do estafe de Eliana respondeu às solicitações até a publicação deste texto. A apresentadora passa o começo do ano na Europa com a família.

Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).

Comentários