Andar pela rua e ouvir música ao mesmo tempo era algo inconcebível até a aparição do Walkman, o pequeno reprodutor de áudio que introduziu o revolucionário conceito da música portátil e encantou o mundo há 40 anos.

Uma mostra retrospectiva em Tóquio repassa agora a história do aparelho que mudou a maneira de escutar música décadas antes da aparição do mp3 e das plataformas online.

“Quando comprei o Walkman com as minhas economias, estava tão feliz que parecia que ia explodir. Usava os fones até no banheiro e na mesa, e minha mãe brigava comigo”, lembra o arquiteto Nobuo Araki em um texto que faz parte da exposição em cartaz no Ginza Sony Park neste mês de julho e agosto.

Como Nobuo, dezenas de celebridades japonesas contaram suas memórias para esta mostra interativa que permite aos visitantes ler essas histórias e escutar as mesmas músicas da época através de diferentes modelos do icônico toca fitas portátil.

Lançado em 1979, o aparelho introduziu a ideia de que a música já não deveria ser uma experiência entre quatro paredes, podia ser uma vivência personalizada e levada para onde quiser.

“Walkman é a marca que cria a cultura de carregar a música. Os jovens podem ouvir músicas onde quiserem, podem aproveitar de forma mais simples”, contou à Agência Efe Ryoichi Numata, da equipe de comunicação da Sony.

O modelo azul e prateado TPS-L2 foi lançado em 1º de julho de 1979 no Japão pelo preço de 39 mil ienes, que naquela época equivaliam a R$ 270, e vendeu mais de 50 mil unidades em seus primeiros dois meses.

A retrospectiva percorre a história do famoso aparelho desde a sua chegada ao mercado, passando pela sua adaptação ao CD e ao MiniDisc, e terminando com os modelos mais recentes que funcionam através da reprodução digital.

Uma vitrine exibe mais de 200 modelos do Walkman que foram lançados, alguns deles tão icônicos como o Sports WM-B52, conhecido pela cor amarela, e outros menos famosos que foram versões limitadas.

“É uma marca muito importante para nós, que ainda produzimos atualmente”, explicou Numata. O foco da Sony hoje em dia está em melhorar a qualidade da experiência musical.

Com áudio de alta resolução, até 256 Gb de memória interna, e um preço que passa dos R$ 10 mil, o modelo WM1Z produzido em 2016 percorreu um longo caminho desde os tempos da fita cassete, e é voltado a um público mais seleto.

Depois de três décadas e mais de 200 milhões de unidades vendidas no mundo todo, em 2010 a Sony retirou do mercado os Walkman que reproduziam fitas cassete, incapazes de sobreviver à concorrência dos CDs e depois o nascimento da música digital.

Embora a música portátil seja um prazer do qual todos desfrutamos há anos, a Sony quer lembrar aos nostálgicos que ainda podem desempoeirar seu antigo Walkman e reviver aqueles anos nos quais sair de casa com os fones era um privilégio.

Dennis DJ foi uma das atrações do Domingão do Faustão de ontem durante o quadro Ding Dong. No palco, o DJ tocou vários funks clássicos, como Eu Tô Tranquilão, do MC Sapão, mas causou polêmica ao tocar também o hit Eu Vou Pro Baile da Gaiola, do MC Kevin O Chris.

Um abaixo-assinado foi lançado pedindo que os organizadores do Festival Latitude, em Suffolk, no Reino Unido, parem de tingir de rosa as ovelhas que pastam ao redor do evento. A informação foi publicada no site da revista NME.

A banda baiana ÀTTØØXXÁ postou nas redes sociais um vídeo que acusa o hotel Dallrey, de Belo Horizonte, de usar quadros com conotação racista em sua decoração. Nas imagens, os integrantes da banda tiram os quadros da parede. “Em cima da cama onde a galera dorme”, diz um deles. “A decoração é a escravidão, ó a galera fiscalizando”, fala outro.

A estrela do rap Cardi B fez uma nova tatuagem, e o homenageado é o marido, Offset. Foi ele próprio, também rapper, quem mostrou aos fãs a novidade, com uma foto publicada no Instagram.

“Você consegue imaginar nunca ter ouvido essa música antes e perceber qual é a estranha fruta pendurada no choupo? Há alguma coisa reveladora quando você a escuta, e aquela imagem de olhos arregalados e boca distorcida salta na direção do ouvinte.” Nessa frase, a crítica cultural Emily J. Lordi descreve o poder específico de uma canção que ainda choca, 80 anos depois de ter sido gravada.

Leia também  Conheça os 10 melhores podcasts apresentados por famosos

Os músicos Guilherme Bastos e Bruno Stanzani, que faziam parte da banda Stillo Universitário e tocavam música sertaneja, morreram ontem, em um acidente de carro em uma estrada entre Iacanga e Ibitinga, interior de São Paulo.

Às 2h30 da manhã deste domingo, o cantor Gusttavo Lima subiu ao palco da ExpoCrato diante do maior público da história do festival para gravar seu oitavo DVD, “O embaixador in Cariri”. O cantor investiu mais de 1 milhão de reais no projeto e falou com o Blog do Leo Dias logo após o show: “Escolhi gravar aqui porque vivi grandes momentos da minha carreira aqui no sertão, é uma forma de agradecimento. E normalmente os cantores gravam em capitais e eu fiz questão de ir pro interior”, disse.

Pelo visto Paula Fernandes pode ser uma ‘persona non grata‘ na lista de convidados para a turnê nostálgica de “AMIGOS”, com Zezé di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó e Leonardo. É que o Blog do Leo Dias apurou com fãs mineiros de ambos, e ouviu nos bastidores, que a presença da cantora não era bem vista como convidada para assistir a apresentação que aconteceu neste sábado, 20, na cidade onde mora a artista.

O filho de Junior Lima, Otto, roubou a cena na passagem de som do show de Brasília, da turnê Nossa História, de Sandy e Junior. Ele foi filmado por fãs e aparece se divertindo tocando a bateria do pai.

A cantora Paula Fernandes divulgou hoje, com exclusividade no UOL, a capa do seu novo DVD, Origens. O projeto traz um repertório completamente repaginado que inclui o hit Juntos.

Sandy e Junior fizeram ontem em Fortaleza mais um show de sua turnê comemorativa Nossa História. E a dupla relembrou um dos primeiros sucessos: Maria Chiquinha. Mas eles alteraram o final da música, atualizando-a aos novos tempos.

O caso do astro do rap A$AP Rocky, preso na Suécia desde o começo de julho, ganhou mais projeção nos Estados Unidos, com o presidente norte-americano Donald Trump prometendo agir a favor de sua soltura. O curioso é que o cantor pop canadense Justin Bieber entrou na pauta: ele agradeceu a Trump, mas fez uma cobrança relacionada ao tema dos imigrantes.

A cantora Alcione fez duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro. Em um vídeo no seu Instagram, ela defendeu o povo nordestino e o estado do Maranhão, atacados por ele com expressão usada com conotação pejorativa.

O cantor Ryan Adams voltou às redes sociais, cinco meses depois de ser acusado de assédio sexual e psicológico. Ele, que ganhou destaque no mainstream após fazer um cover de cada música do álbum “1989”, de Taylor Swift, disse ter “muito a dizer” e que “eu sei quem sou”. Sete mulheres o acusaram em entrevista ao The New York Times

Sandy e Junior se apresentam hoje à noite no Mané Garrincha, em Brasília. O show, o segundo da turnê em um estádio, ainda tem ingressos disponíveis que custam entre R$ 110 (meia entrada arquibancada) e R$ 520 (pista premium inteira). As entradas estão à venda online, no Ingresso Rápido, e na bilheteria localizada no Portão J do estádio, que fica na Asa Norte.

De cadeira de rodas, o músico Arlindo Cruz compareceu a estreia do musical “Quando a Gente Ama”, realizado em sua homenagem no Centro Cultural João Nogueira, zona norte do Rio, na noite de hoje.

Se os termômetros em São Paulo marcavam 15ºC na noite de hoje, a temperatura dentro do Espaço das Américas beirava o dobro. É que dentro da casa de shows o Monsta X destilava a energia do k-pop para os fãs, que atendem por monbebes, e lotaram a casa.

Os fãs da Beyoncé voltaram a se emocionar, nesta sexta-feira (19), após a saída de seu álbum, The Lion King: the Gift (O Rei Leão: o presente), que a artista pop lançou como uma peça irmã do novo filme, uma versão do clássico da Disney.

Leia também  Celebridades se tornaram heróis da vida real e salvaram vidas - Blog Amaury Jr.

Pabllo Vittar posa com a cantora britânica Charli XCX nos bastidores do clipe de Flash Pose, o seu primeiro single em inglês. O lançamento do vídeo ficou para a próxima sexta, dia 26 de julho.

Leo Chaves havia feito mistério com seus fãs ao postar uma imagem dele ao lado de uma silhueta misteriosa. Hoje, o sertanejo postou no Instagram com a identidade da cantora que o acompanhará no seu primeiro single solo: Ludmilla.

A detenção do astro de rap A$AP Rocky na Suécia foi prorrogada em seis dias nesta sexta-feira, enquanto procuradores o investigam por agressão agravada ligada a uma briga de rua em Estocolmo.

Madonna lançou mais um clipe para seu disco Madame X – e ainda não foi o aguardado vídeo para a música com Anitta. A estrela pop divulgou hoje em seu YouTube Batuka, que traz uma homenagem aos ritmos e cantos das antigas escravas de Cabo Verde.

O líder do Megadeth, Dave Mustaine, teve de cancelar a participação que tinha na San Diego Comic-Con. Tratando um câncer na garganta, ele recebeu recomendação médica para não cumprir o compromisso, conforme o site da banda de thrash metal informou.

A dupla sertaneja Zé Neto & Cristiano lançou hoje o clipe da música Ferida Curada. A canção, escrita por Willian Santos e Rodrigo Reys, estará no novo DVD, chamado Por Mais Veijos Ao Vivo, que será registrado em Brasília, no dia 22 de setembro.

Foi lançado hoje o álbum especial de o Rei Leão, produzido e com curadoria de Beyoncé. A estrela pop, que dá voz a Nala na nova versão tecnológica do filme, é a responsável por The Gift (O Presente), com 27 faixas – diversas delas interlúdios – em 54 minutos de obra.

Seguir carreira solo, seja em boyband ou girlband, nunca é garantia de sucesso. O interessante no kpop é que a maioria das empresas lançam projetos solos dos membros com o grupo ainda em atividade, diferente do que estamos acostumados por aqui, quando carreiras solos são geralmente o motivo da separação dos grupos (estou olhando para você Justin Timberlake). A SM por exemplo, possui o projeto STATION, onde idols podem mostrar projetos solos e fazer colaborações com outros colegas, incluindo idols de outras empresas. Além de dar chance a criação de conteúdo que não necessariamente funcionaria nos conceitos dos grupos, é também uma forma eficiente de ver quem está preparado para lançar de fato uma carreira solo com disco completo, MV e uma possível tour.

Depois de acampar cinco meses para ver o Monsta X, os fãs do grupo de k-pop foram recompensados. O UOL levou as perguntas dos Monbebes para Shownu, Wonho, Minhyuk, Kihyun, Hyungwon, Jooheon e I.M. responderem antes do show que acontece hoje no Espaço das Américas, em São Paulo.

No meio de 2017, o NX Zero anunciou uma pausa nas atividades da banda. De lá pra cá, Di Ferrero chegou a cogitar se afastar uns tempos da música e pensou até em tirar um ano sabático “tipo Tiago Iorc”, como afirmou ao UOL. Mas não deu. No lugar do descanso, se arriscou em novas composições que logo viraram singles, como Sentença. Hoje, lança seis faixas: Viver Bem, Diamante Raro, Seus Sinais, Outra Dose, Não É Tarde Demais e Vou Te Levar.

Fernando e Sorocaba lançam hoje um clipe pra lá de especial para seus fãs. O vídeo dos sertanejos para a música Cara Feio foi captado em sua maior parte pelo próprio público dos shows da dupla.

A organização do Lollapalooza Brasil confirmou hoje as datas do festival em 2020: 3, 4 e 5 de abril. Mais uma vez com três dias, o Lollapalooza acontece no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

2019 é o ano oficial da angústia no Brasil neste novo milênio para quem tem um mínimo de consciência e uma boa trilha sonora é um importante antídoto. “Rascunhos de um Momento Conturbado”, novo disco do rapper mineiro Matéria Prima, bate em cheio nesse sentido. Há tempos apontado pelos blogs Original Pinheiros Style e Só Pedrada Musical (duas referências e fontes pra Radiola Urbana quando o assunto é hip hop) como um dos MCs mais talentosos do país, ele faz jus à campanha e nos oferece uma coleção de nove faixas com produção do carioca DJ Lotek que são certeiras na análise da pasmaceira diante de nossos olhos.

Leia também  The Rock diz que concorrerá à presidência 'se as pessoas quiserem'

O cantor e compositor coreano Taeyong, do grupo de k-pop NCT, lançou hoje o clipe solo da música Long Flight e a hashtag #TAEYONG_LongFlight imediatamente entrou nos assuntos mais falados dos Twitter.

Dois integrantes do BTS causaram na web com uma selfie, ou, como os amantes de k-pop dizem, “selca”. Taehyung e Jungkook há tempos não compartilhavam uma imagem juntos e quando o fizeram, hoje, depois de mais de 600 dias – na contagem das fãs -, viraram líderes nos trending topics do Twitter.

Ninguém no vilarejo Kong Thong, em uma região montanhosa no leste da Índia, sabe como e quando a tradição começou. Mas ali, as pessoas chamam umas as outras com melodias, e não nomes. Cada pessoa é representada por uma melodia Esses chamados – semelhantes a curtas canções de ninar – são criados pelas mães para seus bebês.

Os paulistanos do Demônios da Garoa farão na última semana deste mês sua primeira turnê pela Europa, depois de 76 anos de carreira. O grupo de samba, que detém o recorde no Guiness Book como o conjunto vocal em atividade mais antigo do Brasil, já realizou shows nos Estados Unidos e no continente africano.

O pai do cantor de k-pop Samuel foi encontrado morto em uma cidade do México, de acordo com as autoridades locais. Segundo a Associated Press, Jose Arredondo, de 58 anos, foi achado com sinais de espancamento em Cabo San Lucas.

Preso, exilado e com capas de discos censuradas no passado, Caetano Veloso faz hoje uma avaliação do peso da ditadura não só na sua obra, mas como um “carma” que ameaça a grandeza do país. “Vocês estão vendo como é o negócio… Será que o Brasil tem que pagar tanto carma assim para chegar a dizer o que ele realmente tem a dizer?”, questiona ele em entrevista ao podcast Essenciais, da Deezer.

Entre coreografias complexas e outras mais simples e fofas – o famoso aegyo -, a dança é uma das principais características do conceito kpop. Logo que adentramos nesse universo, os passos de dança são muitas vezes o que nos chama atenção e faz nosso interesse em seguir dentro desse mundo aumentar. Eu sempre gostei muito de dança. Quando pequena fiz balé, street dance, jazz, já fui em muitos musicais por conta dos coreógrafos envolvidos e em espetáculos de fim de ano, todos por causa da dança como atração principal. Dentro do contexto boyband/girlband, a dança muitas vezes esteve presente, em alguns casos com coreografias simples e levemente cafonas – Backstreet Boys, eu te amo mas estou olhando para vocês – até passos mais elaborados e marcantes como NSYNC e Pussycat Dolls. No entanto nada se compara ao nível que vemos no kpop. BTS, EXO, SEVENTEEN (esses são apenas alguns dos exemplos de grupos atuais) apresentam performances com um nível elevadíssimo, não apenas de dificuldade e exigência física, mas muitas vezes com viés narrativo, nos contando a história da música e fazendo referências a era em questão. Por ser uma parte tão importante desse universo, trouxe aqui algumas das coreografias mais marcantes do kpop, por vezes virais (os grupos nunca tiveram outro sucesso parecido) e outras icônicas e consideradas clássicos do pop coreano.

Em plena turnê europeia, o rapper Emicida traz um questionamento raro ao movimento hip hop: por que há tão poucos artistas homossexuais assumidos? Ao convidar dois dos nomes mais fortes da cena LGBTQ brasileira – Pabllo Vittar e Majur – para o single AmarElo, o cantor e compositor mexe com os padrões habituais da cena rap.

close

🤞 Não perca nada!

Assine nossa newsletter e receba novidades e ofertas exclusivas!

Comentários

Você não precisa sofrer pra fazer dieta.

Conheça o Desafio 19 dias!