Festa do Forró Red Light, um dos mais promissores grupos independentes do DF, Baile in Grená acontece neste sábado e traz também João IDK, LeoCoutin (HaONO) e Allbano Dias

Sábado é dia de festa na Cervejaria Criolina, a partir das 20h, o duo brasiliense de música eletrônica Forró RED Light, promove seu Baile In Grená, experiência extra sensorial que mistura som e luzes com um aroma especial de essências naturais na pista. O evento surgiu do intercâmbio de projetos de arte inovadores e inusitados de diversos locais do mundo, juntando os elos da nova cena da música eletrônica, principalmente de projetos de Live PA (formato em que a música digital é tocada em tempo real).

Para esta edição, o Baile In Grená vai fazer o “rebuliço” na pista da Cervejaria Criolina, com uma programação que reserva espaço para músicos do Norte e Sudeste. No line-up, além dos anfitriões do RED Light, que se apresentam com participações de LeoCoutin (HaONO) e Allbano Dias, sobem ao palco o DJ Waldo Squash; Janine Mathias apresentando pela primeira vez em Brasília o show Dendê, com participação de AfroRagga; além de um warm-up com João IDK.

Waldo Squash é natural de Belém do Pará e referência absoluta na música eletrônica do Norte e de todo Brasil. Um dos grandes nomes do tecnobrega, pioneiro neste estilo e produtor musical versátil, o DJ está à frente do projeto Uaná System, depois de ter fundado o grupo Gang do Eletro, um dos shows mais eletrizantes dos últimos anos na música brasileira, com repercussão internacional.

Janine Mathias, rapper brasiliense radicada em Curitiba, também soma no Baile In Grená, apresentando pela primeira vez nos palcos candangos seu show “Dendê”, de seu primeiro álbum solo, cuja música homônima ao disco conta com participação de Rincon Sapiência. Misturando o peso do rap à leveza melódica do samba, sem deixar de lado elementos eletrônicos, ela toca ao lado do DJ 5zero2 e de seu irmão, AfroRagga.

O Forró RED Light, é um projeto de Live PA formado por Ramiro Galas nos samples e programações e Genin Nacanoa nos samples e percussão. A proposta criada por eles mixa o ritmo pulsante das batidas nordestinas com a música do mundo, influenciada pela cultura de povos tradicionais e pela cultura urbana de rua.

Com passagem por grandes festivais em todo Brasil nos últimos meses e conquistando um grande destaque no cenário da música eletrônica atual, o grupo traz para essa edição do Baile In Grená as novidades que vem produzindo em seus estúdios, acrescentando participações especias de Léo Coutin (HaONO) e Allbano Dias, para agitar a pista com muita pulsação, criatividade musical, sonoridades inusitadas e muita festa.

Em edições passadas o Baile In Grená recebeu artistas expoentes da nova música eletrônica brasileira, como Furmiga Dub, Attøøxxa, entre outros. Os ingressos para o baile do dia 17 custam R$ 10 (antecipado) e R$ 20 (na porta).