A classe artística, também bastante afetada pela pandemia do coronavírus, especialmente aqueles que são professores autônomos, organiza apresentações de arte e música pela internet entre os dias 24 e 27 de março, aos moldes da iniciativa portuguesa @festivaleuficoemcasa. Serão 60 apresentações em formato “intimista”. “Inspirados pelo @festivaleuficoemcasa criado em Portugal, cantoras, intérpretes, compositores, artistas e bandas de todo o Brasil se uniram em uma rede de cuidado coletivo para romper o isolamento através da internet e criar um momento para recarregar as energias e se nutrir de cultura. Nestes dias críticos pra todo mundo, faça o possível para ficar em casa, que nós levaremos música e arte até você”, diz texto do perfil no Instagram. Nesta noite de quinta, 19, o cantor Kiko Dinucci abre a temporada virtual com o show ao vivo e sem público de lançamento de seu mais recente álbum, Rastilho, a ser transmitido pelo Facebook, às 21h30.

Inspirados pelo @festivaleuficoemcasa criado em Portugal, cantoras, intérpretes, compositores, artistas e bandas de todo o Brasil se uniram em uma rede de cuidado coletivo para romper o isolamento através da internet e criar um momento para recarregar as energias e se nutrir de cultura. Nestes dias críticos pra todo mundo, faça o possível para ficar em casa, que nós levaremos música e arte até você. De 24 a 27 de março serão mais de 60 apresentações únicas, em formatos inéditos e intimistas. Espalhe para as amigues e convide sua família, serão 40 horas para se cuidar… Espalhe essa boa ideia. Marque seus amigos. Nas próximas horas você vai conhecer as atrações e a programação completa desse festival. #FestivalFicoemCasaBR #CuidadoColetivo #ArteCura #MúsicaSalva #ArtistasUnidos #FestivalemRede

Comentários