A Justiça obrigou a TV Globo a reintegrar a repórter Izabella Camargo. Apesar de doente, tem a Síndrome de Burnout, a jornalista havia sido dispensada, logo depois de voltar de uma licença médica. A profissional voltou à maior rede de televisão do país, mas, dado o contencioso com a empresa, ficou escanteada, numa função sem relevância (no início, nem queriam deixá-la entrar na sede da empresa; um oficial de justiça teve de acompanhá-la). Por isso, a cúpula da empresa decidiu fazer um acordo e decidiu pagar 1 milhão de reais para dispensá-la.

O acordo prevê que Izabella Camargo não deve mais dizer que a Síndrome de Burnout tem como causa a TV Globo. A síndrome é “um distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso”. Pode ser que a Globo tenha razão, ou seja, de não ser a origem, mas a pressão diária, justa ou não, pode ter acelerado a intensidade da doença.

Facebook Comments