No programa Conversa com Bial, da TV Globo, desta sexta-feira (11), Gracyanne Barbosa mais uma vez teve de responder sobre as curiosidades em relação à sua alimentação.

A musa fitness confirmou ao jornalista Pedro Bial que chega a consumir 35 ovos por dia, mas, às vezes, come “só” 25 claras. “Por estar sempre na rua, sempre viajando, levo as claras em forma de omelete. É uma maneira que consigo comer sem incomodar muita gente, porque não tem cheiro. E, mesmo gelado, não fica ruim”, contou Gracyanne.

Excelente fonte de proteínas, vitaminas e minerais, o ovo é um alimento muito comum no cardápio de fisiculturistas e de praticantes avançados de musculação, como Gracyanne. Essas atletas costumam consumir apenas a clara pois a gema é rica em gorduras, que em excesso na dieta pode atrapalhar a definição muscular, além de elevar o risco de problemas de saúde (lembre-se que estamos falando de 25 a 30 ovos por dia, algo fora do normal).

Porém, se você não é fisiculturista e tem uma dieta equilibrada, não precisa deixar a gema de lado achando que ela vai prejudicar a perda de peso ou a saúde. Segundo Rosana Perim*, gerente de nutrição assistencial do HCor (Hospital do Coração), não existe comprovação científica de que comer só a clara garante melhores resultados de emagrecimento. “A perda de peso não está ligada a incluir ou excluir somente um item específico da dieta e, sim, à mudança de todo um estilo de vida e comportamento alimentar”, acredita Perim.

Pensando em saúde, para pessoas que não tem nenhuma doença que limite o consumo do alimento, é considerado seguro comer até 12 ovos inteiros por semana, de acordo com Durval Ribas Filho*, nutrólogo e presidente da Abran (Associação Brasileira de Nutrologia).

Ao tirar a parte amarela do ovo, você vai deixar de ingerir diversos nutrientes essenciais para o organismo, como ferro, cálcio, vitamina B6 e ácido fólico. “Outra substância importante encontrada na gema é a lecitina, que ajuda a controlar o nível de gordura e até de colesterol no corpo, além de melhorar o sistema gastrointestinal”, explica Rivas Filho.

Não. Como falamos, fisiculturistas ingerem só a clara pois precisam de grande quantidade de proteína e pouca gordura —algo que pode ser obtido também com peito de frango e alguns peixes, mas muitos atletas preferem o ovo por ser mais prático, como Gracyanne explicou.

Já para um praticante de musculação que não busca um nível de definição muscular e hipertrofia de um atleta, é muito mais vantajoso para o ganho muscular comer o ovo inteiro, conforme apontou um estudo da Universidade de Illinois (EUA).

Na pesquisa, pessoas que comeram após o treino 18 g de proteína da gema e da clara do ovo tiveram uma produção muscular 40% maior do que aqueles que consumiram a mesma quantidade de proteína só de claras. Segundo os autores do trabalho científico, isso provavelmente ocorre porque muitos nutrientes presentes na gema podem melhorar a capacidade do corpo em construir massa magra, como algumas vitaminas do complexo B.

Para um praticante de atividades físicas, a recomendação diária de proteína geralmente varia de 1,4 g a 2 g por cada quilo de peso corporal. Ou seja, alguém com 70 kg precisa de 98 g a 140 g gramas do nutriente. A melhor maneira de saber quanta proteína você precisa para alcançar seu objetivo é se consultar com um nutricionista.

E, só por curiosidade, 35 ovos cozidos (com 50 grama cada) fornecem aproximadamente 230 g de proteínas. Já 25 claras cozidas (25 g cada) garantem cerca de 84 g de proteína, segundo a Taco (Tabela de Composição dos Alimentos da Universidade Estadual de Campinas). Mas o ideal é que a sua necessidade diária de proteínas seja atingida com outras fontes de proteínas, como carne, frango, peixe, leites e derivados, não apenas ovos.

Quantas vezes você programou uma viagem para um lugar lindo, na praia ou na montanha, e se deparou com um trilha linda? Na empolgação, logo de cara decidiu explorar o local para descobrir as maravilhas deste paraíso, porém no meio do caminho já não tinha tanta empolgação e o cansaço começou a roubar a alegria do desbravamento. Ruim quando acontece isso, né?

Com quase 9 milhões de carros ocupando as ruas da cidade, a mobilidade urbana em São Paulo é um grande desafio. No episódio de estreia do Novas Rotas, Fernando Rocha acompanhou o Alisson, que passa o dia sobre duas rodas. Ele faz entregas de bike e ainda usa a magrela para ir e voltar de sua casa, no Grajaú, até seu local de trabalho, no centro expandido da cidade. Acompanhe o Novas Rotas todas as sextas-feiras para conhecer diferentes soluções encontradas pelas pessoas para se locomover pela metrópole e ter mais qualidade de vida e bem-estar.

Com quase 9 milhões de carros ocupando as ruas da cidade, a mobilidade urbana em São Paulo é um grande desafio. No episódio de estreia do Novas Rotas, Fernando Rocha acompanhou o Alisson, que passa o dia sobre duas rodas. Ele faz entregas de bike e ainda usa a magrela para ir e voltar de sua casa, no Grajaú, até seu local de trabalho, no centro expandido da cidade. Acompanhe o Novas Rotas todas as sextas-feiras para conhecer diferentes soluções encontradas pelas pessoas para se locomover pela metrópole e ter mais qualidade de vida e bem-estar.

Com quase 9 milhões de carros ocupando as ruas da cidade, a mobilidade urbana em São Paulo é um grande desafio. No episódio de estreia do Novas Rotas, Fernando Rocha acompanhou o Alisson, que passa o dia sobre duas rodas. Ele faz entregas de bike e ainda usa a magrela para ir e voltar de sua casa, no Grajaú, até seu local de trabalho, no centro expandido da cidade.

Com quase 9 milhões de carros ocupando as ruas da cidade, a mobilidade urbana em São Paulo é um grande desafio. Para ajudar as pessoas a encontrarem seu espaço, se movimentarem melhor e ter mais saúde e bem-estar, no próximo dia 11 de outubro, no UOL o Novas Rotas, programa em vídeo produzido por VivaBem e MOV.

Como você se sente quando está com fome? – Irritado, impaciente, nervoso, entristecido? Você sabia que a fome é uma sensação que traduz o desejo de uma real necessidade e que deve ser respeitado?

Como “falamos” na semana passada sobre as calorias, e toda a discussão que envolve o tema, sigo hoje com o assunto. Não há um consenso exatamente definido se são 7 mil, 9 mil ou 14 mil calorias que temos que queimar a mais para perder 1 quilo de gordura corporal. Mas é algo em torno disso? E acho que a primeira lição que tiramos disso, é que a contagem das calorias, aquela frenética, de meia em meia caloria às vezes, escraviza muitas pessoas, e provoca uma certa ansiedade e frustração.

Com uma alimentação totalmente descontrolada e sedentário, Anderson Aparecido da Silva chegou a pesar 120 kg. Preocupado com a saúde e sem fôlego para se movimentar, o paulista mudou hábitos, começou a correr e se tornou maratonista amador dos bons. A seguir, ele conta como emagreceu 43 kg:

Baby Led Weaning (BLW) significa o desmame guiado pelo bebê e consiste em um método de introdução alimentar. Foi sugerido inicialmente pela britânica Gill Rapley. O BLW defende a oferta de alimentos complementares em pedaços, tiras ou bastões, a partir dos 6 meses de idade, fase recomendada para se iniciar a alimentação complementar. Neste método, a alimentação da criança não é realizada com a colher e nenhum método de adaptação de consistência para preparar o alimento do lactente, como amassar, triturar ou desfiar.

Quem começa a treinar musculação logo tem a chance de conhecer o leg press —exercício tradicional no treino de membro inferiores, que propõe a flexão e a extensão das pernas com a pessoa sentada na máquina.

Todo nascimento traz em si um começo e um fim. A chegada de uma criança representa o encerramento de uma fase da vida de seus pais, e o início de um processo de amadurecimento conjunto que, na melhor das hipóteses, levará décadas.

Seguro e de fácil execução, o movimento pode ser feito tanto por alunos avançados quanto por iniciantes, já que não exige equilíbrio, nem tanta consciência corporal. Mas isso não tira sua eficácia. Trata-se de um exercício bastante completo por envolver grande parte dos músculos dos membros inferiores, trabalhando com maior ênfase glúteos, quadríceps (parte da frente das coxas) e isquiotibiais (posteriores das coxas).

A tecnologia está cada dia mais a favor da nossa saúde. Nos últimos anos, surgiram milhares de aplicativos que auxiliam no cuidado e na administração do nosso bem-estar. Hoje existem mais de 165.000 aplicativos relacionados a esse tema sendo que aproximadamente, 1/4 deles se concentra no gerenciamento de doenças. Há apps e dispositivos focados desde o cuidado com a saúde mental, exercícios para o gerencialmente de quem deseja emagrecer, até alguns que prometem ajudar pessoas que tem dores na coluna. Ainda nessa área de postura e tratamento, diversos gadgets têm ganhado fama por prometerem melhorar a sua postura imediatamente. 

Quem já viu Kaká dentro de campo sabe que o atleta teve fôlego de sobra para conquistar muito no futebol. Hoje, aposentado, ele trocou os gramados pelo asfalto e se prepara para enfrentar um desafio diferente: correr 42 quilômetros na Maratona de Berlim que acontecerá no próximo ano.

Quem já encarou uma temporada de treinos muito intensos, provavelmente teve que lidar com alguns sintomas similares aos da gripe, cansaço extremo, dificuldade recuperação muscular etc. Muitas vezes, isso ocorre por que os exercícios extenuantes podem interferir na nossa imunidade.

O treinamento funcional é um programa de condicionamento físico que visa aprimorar todas as capacidades físicas dos praticantes, como força, resistência cardiorrespiratória, flexibilidade, agilidade, potência, equilíbrio etc, com movimentos funcionais utilizados no dia-a-dia ou atividades esportivas como empurrar, puxar, agachar, levantar, saltar.

Completar a Corrida Internacional de São Silvestre é sonho de grande parte das pessoas que corre —e também de muitos que não praticam a atividade. Maior e mais tradicional prova de rua do Brasil, a competição realizada no último dia do ano tem percurso de 15 km e costuma reunir cerca de 30 mil atletas profissionais e amadores pelas ruas de São Paulo. Repleto de subidas e descidas, o trajeto é bastante desafiador, mas com uma preparação adequada é possível cruzar a linha de chegada sem sufoco.

A caloria é uma unidade de medida que representa a energia na forma de calor. Para elevar em 1 ºC a temperatura de 1 mililitro de água, precisa-se de uma caloria. Logo, para aquecer 300 mililitros de água em 1º C é necessário fornecer 300 calorias de energia. Essa é a mesma unidade usada para mensurar a energia que os alimentos fornecem, e também para calcular a energia gasta por nosso corpo.

Todos nós temos uma voz interior que muitas vezes nos orienta ou nos deixa na dúvida sobre alguma atitude a tomar, inclusive na hora de se alimentar. Para muitos, isso é intuição, autoconhecimento ou “olhar interno”. O nome não importa. O que de fato é unânime para desenvolver esta percepção é uma sintonia com a comida e também com o seu corpo para que consiga identificar as suas reais necessidades.

Após se casar, Kelly Andrade, 39 anos, descuidou da saúde e viu a balança subir dos 67 kg para os 127 kg. Preocupada com a saúde, a bancária decidiu mudar hábitos e emagrecer após sua mãe morrer aos 45 anos, devido a um problema cardíaco. A seguir, a brasiliense conta como conseguiu eliminar 56 kg:

Os cariocas e os santistas têm a sorte de ter a praia para praticar esportes, mas saiba que na cidade de São Paulo há cada vez mais adeptos de atividades ao ar livre tem buscado alternativas para praticar esportes em contato com a areia. O futevôlei, por exemplo, tem ganhado destaque.

Um corpo com muitos músculos e pouca gordura. Alcançar esse objetivo exige bastante disciplina no treino e na dieta, além de paciência, pois algumas pessoas precisam de anos de dedicação para alcançar o porte atlético.

Se para você praticar alguma atividade física é sinônimo de treino chato, falta de tempo, cansaço e até gasto de dinheiro, saiba que esses não são motivos para não colocar o corpo em movimento.

A doença do refluxo gastresofágico é uma afecção crônica decorrente do fluxo de parte do conteúdo ácido do estômago para o esôfago, o que gera uma variedade de sintomas. Os desconfortos clássicos são pirose (queimação) e a regurgitação.

O K2 não é o tipo de lugar onde você diz “chega” e vai embora para casa. Para sair daqui temos que caminhar cerca de 120 km por uma trilha extremamente complexa com gelo, neve, sedimento glaciário, rochas, pequenos desertos e rios. Tudo isso para chegar a nossa metrópole local chamada Askole, com seus 200 habitantes, onde só é possível chegar com veículos fortes. De lá, temos mais um dia de carro até o aeroporto mais próximo. Claro que esse dia pode virar dois ou três se a sorte não acompanhar. Às vezes, é preciso usar pás e tratores para retirar o gelo da estrada, ou até colocar dinamite para remover rochas. Rezar ajuda também.

Na busca por melhores resultados no treino sem precisar fazer tanto esforço, muitas pessoas acabam seguindo modismo que não possuem qualquer comprovação científica. Um bom exemplo disso é o consumo de GABA (sigla em inglês para ácido gama-aminobutírico), substância naturalmente produzida pelo cérebro.

A capacidade de os atletas tomarem as melhores decisões em um curto espaço de tempo é o fator decisivo hoje para ganhar uma competição, na avaliação de Caio Margarido Moreira, doutor em comportamento e cognição pela Universidade de Göttingen, na Alemanha.

Você se alimenta direitinho, come de forma saudável, e mesmo assim continua com muita fome? Sentir-se assim realmente é desanimador e frustrante para quem começa a seguir um cardápio mais saudável, e aumenta a possibilidade de desistir de se alimentar de forma adequada. Sim, estar com fome o tempo todo é uma das principais razões pelas quais as pessoas abandonam seu planejamento alimentar.

Gravações, shows, viagens e muitos compromissos. Mesmo com uma vida para lá de agitada, realizar exercícios é algo que não pode faltar na rotina da cantora Pabllo Vittar. A artista, revelou que a corrida é um dos seus esportes favoritos e que a atividade física é essencial tanto para trazer saúde física e mental quanto para garantir que não falte fôlego no palco.

Normalmente, quando se fala em correr muitas pessoas encaram isso como calçar um par de tênis e sair marcando o tempo e quantos quilômetros foram percorridos. Mas, na verdade, a atividade é muito mais interessante e complexa do que isso. Existem fases e variações da corrida muito importantes para cada temporada de treino e preparação individual.

O assunto de hoje é sério e silencioso: diabetes. No Brasil há quase 20 milhões de pessoas que tem essa doença diagnosticada. Muitas pessoas ainda nem sabem que tem ou estão desenvolvendo o diabetes nesse momento e não fazem a menor ideia. Uma doença que mutila, provoca cegueira, mata… se não tiver o tratamento adequado.

Acomodado, o advogado Max Caitano, 36, parou de se cuidar após o casamento e chegou aos 132 kg. Após o divórcio, ele decidiu ‘voltar a se amar’ e estabeleceu cinco metas de emagrecimento. Também criou o bordão “Saindo do Serasa” e começou a brincar que cada dia de treino era uma dívida paga. A seguir, o paraibano conta como isso o ajudou a secar 40 kg em cinco meses:

Você sabia que a dor no ombro corresponde a 7% a 27% dos incômodos relatados pela população? Como o ombro é uma parte do corpo que usamos para praticamente tudo, a limitação em fazer os seus movimentos atrapalha a rotina e gera afastamentos no trabalho. Segundo a American Academy of Orthopaedic Surgeons, a síndrome do impacto ou síndrome do impacto subacromial é a causa mais comum de dor no ombro, com prevalência de 44% a 65% dos casos.

Muitas pessoas me perguntam o que fazer para estar bem fisicamente durante o ano inteiro, com o corpo em forma e, principalmente, a barriga definida. Realmente é muito difícil. Confesso que eu mesma não consigo.

Quem começa a fazer musculação logo percebe que o bíceps é um dos primeiros músculos a ganhar volume e tonificar. Isso, e o fato de o braço ser uma parte do corpo que quase sempre está exposta, leva muitas pessoas a se dedicarem bastante aos exercícios da região para conquistar (e mostrar) resultados cada vez melhores.

Existem diversas opções e variações de exercícios para exercitar o bíceps, mas a rosca concentrada se destaca por sua eficiência em ativar mais as fibras musculares da região.

A flacidez no “músculo do tchauzinho” é um problema estético que incomoda muitas mulheres. A boa notícia é que em diversos casos é possível deixar a região mais firme com uma tática bem simples: malhação.

Exercícios, carga, séries, repetições e intervalo. Essas são os componentes centrais de um treino de musculação. E, entre eles, a pausa costuma ser o que as pessoas menos dão atenção —vai dizer que você nunca descansou além do que deveria porque foi conferir as mensagens do celular ou ficou batendo papo com o colega?

Você é do tipo que coloca suas atividades como metas diárias? Se ir a academia for uma delas, saiba que isso pode definir, e muito, seu envolvimento com atividades físicas. As descobertas foram publicadas na revista Psychological Science.

Quando o assunto é musculação, muitos mitos e verdades surgem. Provavelmente, você já ouviu algumas vezes que musculação engorda, deixa a pessoa”inchada” e não ajuda a perder peso. Será?

Quando se fala em core, logo vem à cabeça a região do corpo formada pelos músculos do abdome, do quadril e da lombar, responsável por manter a estabilidade e postura do corpo. Mas um estudo realizado no centro dedicado à corrida do Departamento de Medicina e Reabilitação da Escola de Medicina da Universidade Harvard (EUA) apontou que também existe uma espécie de core em nossos pés.

Resumidamente falando, correr nada mais é do que uma sucessão de saltos, ou ainda, um caminhar muito rápido. Porém, quando queremos iniciar no mundo da corrida, isso deixa de ser assim tão simples.

Você gosta de couve? Aquele alimento que normalmente acompanha a feijoada às quartas-feiras tem outras propriedades além de ser um simples “coadjuvante” no prato.