Ao saber que uma estúdio de tatuagem em Vitória, no Espírito Santo, havia lançado um desafio para que alguém fizesse uma tatuagem com a frase “Juntos e shallow now” — verso da polêmica canção “Juntos”, lançada por Paula Fernandes e Luan Santana —, o produtor de eventos Murilo Caldas, de 26 anos, não teve dúvida: aceitou. E não se arrepende nem um pouco. Logo após ter as palavras tatuadas, ele fez uma postagem no Instagram que viralizou: até as 10h15 já haviam sido quase dez mil curtidas e mais de quatro mil comentários.

— Sou um apaixonado por tatuagens. O estúdio lançou o desafio e não pensei duas vezes. É uma música que amei, de uma artista que admiro. As pessoas ficam questionando qual o significado. Não tem. Gostei e tatuei. Tenho 19 tatuagens e se duas tiverem significado, é muito. São imagens que gosto e nunca cobri nenhuma — contou Murilo.

Se a própria cantora se surpreendeu, os internautas não estão sabendo lidar com o post do produtor de eventos mostrando a frase tatuada. Entre os comentários, há os de surpresa, de críticas e também de apoio à iniciativa.

“Juntos” gerou uma série de críticas porque, para muitos, misturar inglês e português na letra, criando uma frase que não faz sentido, não foi uma decisão acertada dos cantores.

Em entrevista exclusiva ao EXTRA, Paula Fernandes revelou que se divertiu com os memes sobre a letra. Na web, internautas criticaram o fato de “juntos” e “shallow now” não terem correspondência.

— Fiz uma versão adaptada, não uma tradução… E, assim como usamos tantos termos aqui como “Baby” e outros, “Shallow é comum”. A ideia de manter a expressão é ter uma parte da música original. Não era pra fazer sentido, era para ter uma celebração da versão original — disse a cantora.