O cantor Latino, 46, disse que Kelly Key, 36, foi uma das mulheres que ele mais amou na vida. Os dois artistas ficaram juntos por seis anos e são pais de Suzanna Freitas, 18. 

“A Kelly Key foi uma das mulheres que mais amei na vida”, afirmou Latino em entrevista ao programa Hora do Faro, que vai ao ar no domingo (13), na Record.

Na atração, o cantor também falou sobre a relação com a filha. “A gente tem se falado muito. Nunca fomos tão amigos como temos sido”. Em abril, em conversa com os seus seguidores nas redes sociais, a jovem disse que não tinha uma relação muito próxima com Latino. 

“Mas não somos brigados, podem ficar tranquilos”, afirmou ela. Na ocasião, ela também disse que o padrasto, Mico Freitas, marido de Kelly Key a criou como filha desde que ela tinha dois anos.  “A minha relação com o Latino é muito distante, até porque ele não mora comigo, tem os assuntos pessoais dele e tem mais nove filhos para criar”, disse. 

No ano passado, Kelly Key anunciou que Mico Freitas é oficialmente o pai de Suzanna, já ​que a certidão de nascimento da jovem foi alterada após autorização da Justiça.  “O Mico não é mais só padrasto da Suzanna, ele é mais que isso”, disse a cantora na ocasião. 

No quadro De Volta ao Passado, Latino também lembrou da pior fase da sua vida, quando dormiu embaixo de um viaduto no Méier, bairro da zona norte do Rio. Na época, ele trabalhava como engraxate.

“Eu cheirava muita cola de sapato para inibir a fome”, contou. Em um outro momento de sua vida, Latino relembrou que vendia sanduíches na praia para juntar dinheiro e produzir as suas músicas.

Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress (pesquisa@folhapress.com.br).