No fim da manhã de hoje do BBB 20, os brothers participaram da terceira prova do anjo da edição. Lucas foi o vencedor da disputa e está imune ao próximo paredão. Tiago Leifert informou o público no programa ao vivo da última quinta-feira (06) que a competição pelo poder do anjo nessa semana seria autoimune.

Os participantes foram confinados no quarto e um a um, em ordem alfabética, foram chamados ao confessionário. Leifert pediu para cada brother classificar três colegas de confinamento. As opções eram: Quem gosta (bola verde), quem não gosta (bola vermelha) e quem é indiferente (bola branca) para o brother.

O participante não podia votar em si mesmo, na líder Gabi, nem em Daniel e Ivy, que estão imunes. Segundo as regras divulgadas pelo reality show, vencia a prova quem terminasse com o maior número de bolinhas, independentemente da cor.

“Ao ouvir a música, um brother deverá se inspirar no Daniel do BBB11 e mandar bem na coreografia, sensualizando em torno do outro. Cada um perde 300 estalecas”, leu o catarinense na ficha deixada pela produção.

“Quem vão ser os castigados?”, perguntou Tiago Leifert. “Nosso dançarino vai ser o Pyong e o coqueiro vai ser o nosso coqueiro”, respondeu Lucas. “Quem é o coqueiro?”, questionou o apresentador. “O Daniel”, explicou o fisioterapeuta.

Na décima primeira edição do programa, Daniel ganhou popularidade por dançar e passar boa parte do tempo com o coqueiro que tinha na área externa da casa. A vencedora do programa foi Maria Melilo, que era melhor amiga de Daniel dentro do confinamento.

Comentários