Categorias
Notícias

Márcio Araújo reclama de chances perdidas pelo SPFC: "Faltou produto final"

O São Paulo perdeu por 2 a 1 do Binacional em sua estreia na Copa Libertadores. O auxiliar técnico Márcio Araújo, que substituiu o suspenso Fernando Diniz, seguiu o discurso de Alexandre Pato e Antony e isentou a altitude pela performance ruim da equipe na segunda etapa. Depois de abrir o placar em Juliaca (que fica a cerca de 3.800 metros acima do nível do mar), no Peru, o time desperdiçou oportunidades e viu o rival reagir.

“A gente não vai em nenhum momento colocar na altitude a responsabilidade pela derrota. Concordo que poderíamos ter feito o gol em seguida. O importante é criar as oportunidades. Faltou o produto final. É claro que o jogador não está lá para perder. E sempre pensamos na mudança para melhorar. A gente poderia ter feito o gol em seguida, mas parabenizamos os jogadores por terem criado as chances”, disse Márcio Araújo.

O Tricolor retorna ao Brasil nesta madrugada e volta a jogar neste fim de semana, pelo Campeonato Paulista. No domingo, em Ribeirão Preto, o time enfrenta o Botafogo. Já pela Libertadores, o São Paulo receberá a LDU, na quarta-feira, no Morumbi.

“Não encontrei com ele (Diniz), mas está certamente decepcionado. A vida vai continuar. Está abatido, mas não destruído. A vida vai continuar e vamos levar em consideração o Paulista que temos pela frente”, afirmou Márcio Araújo, que elogiou a performance do Tricolor no início do confronto.

Comentários