Mel Maia, de 15, e o namorado João Pedro, 18, ganharam as manchetes dos principais tabloides britânicos. O garoto, que é jogador de futebol, foi vendido do Fluminense para o Watford, clube do futebol inglês. Pela baixa idade da atriz da Rede Globo, ela estaria proibida de visitar o rapaz no país europeu. Isso porque a legislação por lá proíbe que adolescentes menores de 16 anos mantenham relacionamentos afetivos.

Ela completa a referida idade mínima no próximo dia 3 de maio, e deveria aguardar até a data para poder viajar à Inglaterra e visitar João Pedro. Conforme apurou a imprensa local, Mel Maia chegou a desembarcar de avião no país, mas precisou retornar ao Brasil por conta da situação. O jornal Daily Star chegou a divulgar uma suposta declaração dada pelo Watford sobre o caso.

“Tanto João quanto a namorada estão cientes da diferença cultural e legal entre Reino Unido e Brasil. Ela já voltou para o Brasil, onde ficará, e sem a intenção de voltar à Inglaterra, até completar 16 anos”, teria dito um porta-voz do Watford ao jornal Daily Star.

Apesar do caso estar sendo maciçamente explorado pela imprensa inglesa, Débora Maia, mãe de Mel, diz que a filha está sendo alvo de Fake News, e que a informação foi aumentada, em disparidade com o que realmente aconteceu. Ela disse que procurou o Watford a respeito da nota publicada no Daily Star, e o clube inglês teria desmentido qualquer informação repassada por um de seus porta-vozes sobre o caso envolvendo João Pedro.

Mesmo assim, ela não apresentou nada que fosse capaz de comprovar que estaria certa, e que a nota divulgada pelo Daily Star, assim como as informações relativas à filha publicadas pelos tabloides britânicos, seriam falsas. Débora Maia insiste que buscará fazer com que as declarações sejam desmentidas.

Facebook Comments