Rio – O espetáculo Silva traz um pouco da mitologia afro-brasileira para refletir sobre as identidades coletivas difusas ligadas as grandes tragédias humanas. Também entram em cena questões sobre jovens, negros, pobres, desaparecidos, mulheres e LGBTQIA’s e apresenta dados alarmantes de mortalidade desses grupos ao redor do mundo.

O elenco promete surpresas ao público com inovação nas coreografias e música ao vivo. A peça estará em cartaz nos dias 28 e 29 de setembro às 20 horas, e no dia 30 vai começar às 18 horas da noite. Os ingressos custam R$ 30,00 a entrada inteira e R$ 15,00 reais a meia entrada. O Centro Coreográfico do Rio de Janeiro fica na rua José Higino, 115, na Tijuca, Rio de Janeiro.