“Não sou cantora e nunca pretendi ser, mas dentro de mim existia um desejo de cantar uma música com a minha história, para ajudar outras pessoas. E de fato este sonho está se tornando realidade”, disse Andressa.

A música foi composta por Elisa Hares. “Tudo começou quando iniciei as aulas de fonoaudiologia, pois trabalho como apresentadora de um quadro chamado Eu Sobrevivi, na Record do Rio Grande do Sul. Minha professora de fono Jordânia Borowski, é especialista em voz com ênfase em canto”, conta.

“Quem já passou por depressão e pensamentos de suicídio vai entender a dor que eu vivi, é uma dor na alma. Minha música é para alegrar quem está sofrendo e o verdadeiro significado da música, é que a minha noite virou dia e a vida delas também pode mudar”, concluiu a (agora) cantora.

Comentários