O Caderno de Música deste sábado (11) traz o trabalho da violoncelista e compositora islandesa Hildur Guðnadóttir que acaba de ganhar o Globo de Ouro de 2020, na categoria de melhor música original, se tornando a primeira mulher a ganhar este prêmio individualmente. 

Nascida na Islândia em 4 de setembro de 1982, Hildur Guðnadóttir possui formação clássica em violoncelo e já pertenceu a bandas de diferentes estilos, como a islandesa de música eletrônica Pan Sonic e a inglesa Throbbing Gristle. Entretanto, o reconhecimento mundial de Hildur veio através de suas trilhas sonoras para séries e filmes. Um de seus primeiros trabalhos para o audiovisual foi com a música escrita para o suspense dinamarquês “Sequestro”, do diretor Tobias Lindholm. O longa foi lançado em 2012 e recebeu diversos elogios positivos da crítica especializada. 

A partir daí, Hildur Guðnadóttir participou de muitos outros trabalhos, seja como intérprete ou compositora, até chegar a um de seus projetos mais recentes: a música original do aclamado filme “Joker” (Coringa), do diretor Todd Phillips e estrelado por Joaquin Phoenix. Este filme acaba de ganhar o Globo de Ouro de 2020 em diversas modalidades, incluindo melhor música original. 

Além da música para o filme “Coringa”, Guðnadóttir fez diversos outros trabalhos para o cinema e televisão, com destaque para a composição que fez juntamente com Natalie Holt para o filme Journey’s End, com o qual venceu o Festival de Berlim; a parceria com o compositor Jóhann Jóhannsson para o filme “Maria Madalena”, de 2018, que ganhou o Asia Pacific Screen Awards; e  a sua música para a série “Chernobyl”, um de seus trabalhos mais atuais que também vem chamando a atenção da crítica e com o qual já ganhou o Emmy de 2019 e está concorrendo, junto com o “Joker”, a diversas outras premiações.

E além de trabalhos para o audiovisual, Hildur Guðnadóttir também é tida como uma das maiores violoncelistas islandesas de sua geração, tendo gravado mais de cinco álbuns solos, além de diversas outras participações.

Você será direcionado para o “Fale com a Ouvidoria” da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Comentários